Apresentação

Como Universidade, a Anhembi Morumbi entende a importância de seu papel na produção de conhecimento. Nesse sentido, a promoção de pesquisas e o desenvolvimento científico institucional são fundamentais para o aprimoramento do ensino e para a resolução de problemas da sociedade atual.

Por isso, por meio da área de Pesquisa e Desenvolvimento Científico, docentes e estudantes da Anhembi Morumbi são incentivados a envolverem-se no processo investigativo das pesquisas. Por meio de Núcleos, Grupos e Linhas de Pesquisas (conheça-as aqui), as pesquisas buscam basear-se no estudo contínuo de novos e diferentes fenômenos, na construção e reconstrução de conceitos e metodologias, assim como no questionamento da realidade política, social e cultural de acordo com as atuais demandas sociais e profissionais.

COIPI – Comitê Institucional de Pesquisa e Inovação

O COIPI da Universidade Anhembi Morumbi é um órgão colegiado consultivo e propositivo que tem a finalidade de colaborar com a Reitoria nas políticas e ações da Instituição na área de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, em todos os níveis de ensino. Conheça aqui a composição de membros.

Principais objetivos
• Assessorar na proposição de ações para melhorias na regulamentação das atividades de pesquisa e dos programas de bolsas de iniciação científica da Instituição;
• Contribuir para a definição das estratégias de atuação em pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico;
• Incentivar o encaminhamento de projetos de pesquisa às agências externas de fomento;
• Estimular a participação discente nos Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica;
• Organizar o Encontro Científico da Universidade Anhembi Morumbi.

Encontro Científico

2018
2017
2016
2015
2014

Revistas Científicas

• Revista Brasileira de Estudos do Horror e do Insólito – INSÓLITA
O primeiro nº da INSÓLITA – Revista Brasileira de Estudos do Horror e do Insólito será lançado em 04 de setembro de 2020 no Congresso da INTERCOM.
Revista DATJournal Design Art and Tecnology
Revista Hospitalidade

Links

CAPES
CNPq
CONEP
FAPESP
FINEP
MEC

Iniciação Científica

Programa de Incentivo à Produção Científica Discente

A iniciação científica é considerada um instrumento que permite introduzir os estudantes de Graduação na pesquisa científica. Trata-se de uma ferramenta de apoio teórico e metodológico à formação de uma nova mentalidade no estudante. Este programa tem por objetivo promover o desenvolvimento da Pesquisa da Instituição, mediante o encaminhamento de alunos para a descoberta científica e convivência com o procedimento e a metodologia adotada em ciência e em tecnologia. Todo estudante participante tem seu plano de trabalho vinculado ao projeto de pesquisa do professor orientador da Universidade Anhembi Morumbi, que conduz o seu desenvolvimento e incentiva a participação em eventos científicos e a submissão de artigo à Periódico qualificado.

Os programas de Iniciação Científica da Universidade Anhembi Morumbi são gerenciados pela Reitoria por meio do Setor de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e estruturam-se em três modalidades:

PIBIC/AM – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica / Anhembi Morumbi
PIBITI/AM – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação / Anhembi Morumbi
PIC-AC/AM – Programa de Iniciação Científica – Atividade Complementar / Anhembi Morumbi

Conheça aqui as orientações de Apoio em Trabalhos Acadêmicos.

Editais de Iniciação Científica

• 2021: 1º semestre
• 2020: 1º semestre e 2º semestre
• 2019: 1º semestre e 2º semestre
• 2018: 1º semestre e 2º semestre
• 2017: 1º semestre e 2º semestre
• 2016: 1º semestre e 2º semestre
• 2015: 1º semestre e 2º semestre
• 2014: 1º semestre e 2º semestre

CEP

O Comitê de Ética em Pesquisa – CEP da Universidade Anhembi Morumbi é uma instância colegiada, que atua de forma independente a fim de contribuir no desenvolvimento da pesquisa considerando os padrões éticos e foi constituída pela Instituição conforme as normas da Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde.

O Comitê tem caráter interdisciplinar e inclui a participação de profissionais da área da saúde, exatas, ciências sociais e humanas, e um representante dos usuários.

Atendimento

Dias da semana: de segunda à sexta-feira
Horário: das 9h às 13h e das 14h às 18h
Tel.: (11) 2790-4658
E-mail: cep@anhembi.br
Endereço: Rua Dr. Almeida Lima, 1.134 – Sala 207 – 2º andar
Mooca – São Paulo/SP – CEP: 03164-000

ATENÇÃO: Neste período de distanciamento social, os atendimentos e reuniões estão sendo realizados de maneira virtual.

Membros do CEP

O Comitê de Ética em Pesquisa – CEP da Universidade Anhembi Morumbi deverá ser formado por, no mínimo, 7 (sete) membros do quadro de funcionários da Instituição com notório saber e experiência técnico-científica e um membro representante da comunidade externa, que juntos, representem o caráter multidisciplinar do Comitê e possam contribuir nas discussões sobre os protocolos de pesquisa de acordo com a Resolução 466/12. Confira aqui os membros do CEP.

Calendário de reuniões dos membros

As reuniões ordinárias da Comissão são realizadas na segunda quinta-feira de cada mês, das 17h30 às 18h30, havendo necessidade o horário será estendido ou reuniões extraordinárias serão agendadas para atender a demanda de análise dos protocolos recebidos pela Plataforma Brasil. Durante a execução das reuniões, não haverá atendimento ao público. As pesquisas submetidas nos meses de janeiro e julho serão atendidas em reuniões extraordinárias agendadas para o início, respectivamente de fevereiro e agosto.

A análise do projeto e protocolo de pesquisa deve ocorrer dentro do prazo máximo de 30 (trinta) dias, a partir da aceitação na integralidade dos documentos, cuja checagem documental deve ser realizada em até 10 (dez) dias contados a partir da submissão. Se o parecer for de pendência, o pesquisador terá o prazo de 30 (trinta) dias, contados a partir de sua emissão na Plataforma Brasil, para atendê-la. Decorrido este prazo, o CEP terá 30 (trinta) dias para emitir o parecer final, aprovando ou reprovando o protocolo. Todo o trâmite do processo poderá levar até 100 (cem) dias.

Calendário 2021
• 18 – Fevereiro
• 18 – Março
• 08 – Abril
• 13 – Maio
• 10 – Junho
• 12 – Agosto
• 09 – Setembro
• 14 – Outubro
• 11 – Novembro
• 09 – Dezembro

ATENÇÃO: O CEP ficará fechado para atendimento ao público nos horários em que as reuniões estiverem em andamento.

Orientações para Submissão do Protocolo de Pesquisa

Todo o trâmite para a submissão de protocolo de pesquisa deve ser realizado pela Plataforma Brasil.

Cadastro na Plataforma Brasil
• Documento de identificação (PDF)
• Foto 3 x 4 (PDF)
• Currículo Lattes (PDF)
Plataforma Brasil

Documentos possíveis de compor o protocolo de pesquisa
• Projeto de Pesquisa
• TCLE/Termos de Assentimento ou Justificativa de Ausência
• Folha de rosto (formato do Sistema Plataforma Brasil)

Sugestão de modelos de documentos (acesse-os aqui) para:
• Autorização da Instituição para realização da pesquisa
• Autorização para o uso de dados de arquivos prontuários
• Autorização para uso de material humano
• Termo de consentimento livre e esclarecido – TCLE
• Termo de assentimento livre e esclarecido
• Termo de confidencialidade

Tem dúvidas sobre o processo? Consulte a sessão de Perguntas e Respostas na Página da Plataforma Brasil.
Clique aqui para acessar.

Regulamentação
Regimento interno do CEP 2018
Regimento interno do CEP 2014

Manuais da Plataforma Brasil e Comunicados
Conheça a Cartilha dos Direitos dos Participantes de Pesquisa
Livreto – Conheça a CONEP
Manual Pesquisador – Projetos Coparticipantes
Manual Pesquisador
Pendências Frequentes em Protocolos de Pesquisa Clínica
Procedimentos para localizar o parecer consubstanciado
Carta Circular nº 003 2011 CONEP CNS

Cursos EAD da Conep

A Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa) oferece diversos cursos virtuais com emissão de certificado.
Clique aqui para conhecer a plataforma e os cursos disponíveis.

CEUA

A Comissão de Ética no Uso de Animais – CEUA da Universidade Anhembi Morumbi é um órgão colegiado, de natureza técnica-científica, constituída nos termos da Lei 11.794 de 09 de outubro de 2008, que estabelece os procedimentos para uso de animais em pesquisa e ensino e credenciado ao Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal, conforme parecer nº 007/2015 – CONCEA/MCTI. Conheça aqui a composição de membros.

Os projetos devem ser enviados para apreciação da CEUA, antes de iniciar qualquer atividade envolvendo animais. Somente após receber o parecer positivo a pesquisa ou a proposta educacional poderá ser executada. Atenção a qualquer tipo de intervenção, invasiva ou não, que possa ocasionar o óbito, mutilação, dor ou estresse.

Para encaminhamento das propostas consulte:
1 – Orientação para submissão
2 – Folha de rosto
3 – Termo de responsabilidade
4 – Protocolo para uso de animais na pesquisa
5 – Protocolo para uso de animais no ensino
6 – Tabela de áreas do conhecimento do CNPq
7 – Regimento interno da CEUA/UAM

Os projetos encaminhados terão 30 (trinta) dias para análise e emissão de parecer pela CEUA. As reuniões dos membros da Comissão são realizadas uma vez ao mês. Todo o trâmite do processo pode demorar até 90 (noventa) dias para finalizar.

Para obter mais informações, consulte o Regimento Interno da CEUA/UAM.

Atendimento

Dias da semana: de segunda à sexta-feira
Horário: das 9h às 13h e das 14h às 18h
Tel.: (11) 2790-4658
E-mail: thhelfenstein@anhembi.br
Endereço: Rua Dr. Almeida Lima, 1.134 – Sala 207 – 2º andar
Mooca – São Paulo/SP – CEP: 03164-000

ATENÇÃO: Neste período de distanciamento social, os atendimentos e reuniões estão sendo realizados de maneira virtual.

Calendário de reuniões dos membros

As reuniões ordinárias da Comissão são realizadas na última quarta-feira de cada mês, das 11h30 às 12h30, havendo necessidade o horário será estendido ou reuniões extraordinárias serão agendadas para atender a demanda de análise das propostas recebidas. Os projetos enviados nos meses de janeiro e julho serão atendidos em reuniões extraordinárias agendadas para o início, respectivamente de fevereiro e agosto. Para o primeiro parecer, o prazo é de 30 (trinta) dias. Se necessário realizar alteração na proposta, todo o trâmite do processo poderá levar até 90 (noventa) dias.

Calendário 2021

• 24 – Fevereiro
• 31 – Março
• 28 – Abril
• 26 – Maio
• 30 – Junho
• 25 – Agosto
• 29 – Setembro
• 27 – Outubro
• 24 – Novembro
• 15 – Dezembro (reunião antecipada)

Regulamentação

Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal – CONCEA

Legislação

Lei 11.794, de 8 de outubro de 2008

Resoluções

Resolução Normativa Nº 1, publicação consolidada em 05.09.2012
Resolução Normativa Nº 2, de 30 de dezembro de 2010
Resolução Normativa Nº 5, de 14 de junho de 2012
Resolução Normativa Nº 6, de 11 de julho de 2012
Resolução Normativa Nº 7, de 13 de setembro de 2012
Resolução Normativa Nº 8, de 27 de setembro de 2012
Resolução Normativa Nº 9, de 08 de janeiro de 2013
Resolução Normativa Nº 13, de 20 de setembro de 2013
Resolução Normativa Nº 15, de 16 de dezembro de 2013
Resolução Normativa Nº 17, de 3 de julho de 2014
Resolução Normativa Nº 18, de 24 de setembro de 2014
Resolução Normativa Nº 19, de 25 de novembro de 2014
Resolução Normativa Nº 20, de 31 de dezembro de 2014
Resolução Normativa Nº 21, de 20 de março de 2015
Resolução Normativa Nº 22, de 25 de junho de 2015
Resolução Normativa Nº 22, de 25 de junho de 2015 (Anexo)
Resolução Normativa Nº 24, de 6 de agosto de 2015
Resolução Normativa Nº 25, de 29 de setembro de 2015
Resolução Normativa Nº 26, de 29 de setembro de 2015
Resolução Normativa Nº 27, de 23 de outubro de 2015
Resolução Normativa Nº 28, de 13 de novembro de 2015
Resolução Normativa Nº 29, de 13 de novembro de 2015
Resolução Normativa Nº 30, de 02 de fevereiro de 2016 – DBCA (Anexo)
Resolução Normativa Nº 31, de 18 de agosto de 2016
Resolução Normativa Nº 32, de 06 de setembro de 2016
Resolução Normativa Nº 33, de 18 de novembro de 2016
Resolução Normativa Nº 34, de 27 de julho de 2017
Resolução Normativa Nº 34, de 27 de julho de 2017 (Anexo)
Resolução Normativa Nº 35, de 11 de agosto de 2017
Resolução Normativa Nº 36, de 05 de outubro de 2017
Resolução Normativa Nº 37, de 15 fevereiro de 2018
Resolução Normativa Nº 37, de janeiro de 2018 (Anexo)
Resolução Normativa Nº 38, de 17 de abril de 2018
Resolução Normativa nº 39, de 20 de junho de 2018
Resolução Normativa nº 39, de 20 de junho de 2018 (Anexo)
Resolução Normativa nº 40, de 24 de julho de 2018
Resolução Normativa nº 40, de 24 de julho de 2018 (Anexo)
Resolução Normativa nº 41, de 25 de julho de 2018
Resolução Normativa nº 41, de 25 de julho de 2018 (Anexo)
Resolução Normativa nº 42, de 25 de julho de 2018
Resolução Normativa nº 42, de 25 de julho de 2018 (Anexo)

Normativas e Guias

Normativas do CONCEA para produção, manutenção ou utilização de animais em atividades de ensino ou pesquisa científica
Fascículo 1 – Guia brasileiro de produção, manutenção ou utilização de animais em atividades de ensino ou pesquisa científica – Introdução geral
Fascículo 4 – Guia brasileiro de produção, manutenção ou utilização de animais em atividades de ensino ou pesquisa científica: primatas não humanos mantidos em instalações de instituições de ensino ou pesquisa científica
Fascículo 6 – Guia brasileiro de produção, manutenção ou utilização de animais em atividades de ensino ou pesquisa científica: anfíbios e serpentes mantidos em instalações de instituições de ensino ou pesquisa científica
Fascículo 12 – Guia brasileiro de produção, manutenção ou utilização de animais em atividades de ensino ou pesquisa científica: estudos conduzidos com animais domésticos mantidos fora de instituições de ensino ou pesquisa científica

Grupos de Pesquisa

A Universidade Anhembi Morumbi apresenta os Grupos de Pesquisa – GP em atividade na Instituição, e seus respectivos líderes, cadastrados no Diretório dos GP do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq:

 

Nome do Grupo de Pesquisa Nome do Líder
A circulação de fluxos informacionais e a lei geral da proteção de dados brasileira: perspectivas e desafios Daiane Moura de Aguiar
Além Telas: experiências no campo do audiovisual expandido Tatiana Giovannone Travisani

Arte e Design: Algumas confluências e tensões históricas Andréa Catrópa da Silva
Biofotônica e Óptica Não Linear Egberto Munin
Biomecânica Clínica Rodrigo Alexis Lazo Osorio
CineArte – Cinema, análise fílmica e experiência intelectual Fábio Raddi Uchôa
Cinema expandido, da estereoscopia ao webfootage: novos regimes de visualidade Laura Loguercio Cánepa
Cuidado Integral na Atenção Básica Ana Cláudia de Oliveira
Design de Exposições: Práticas em Arte, Moda e Fotografia Mirtes Cristina Marins de Oliveira
Design gráfico contemporâneo: linguagens e interfaces Gisela Belluzzo de Campos
Design, arte e memória: perspectivas contemporâneas Priscila Almeida Cunha Arantes
Design, arte e moda: conexões contemporâneas Cristiane Ferreira Mesquita
Design, Entretenimento e Educação: Interfaces e Perspectivas Sergio Nesteriuk Gallo
Design, arte computacional: inteligência artificial Suzete Venturelli
Dimensões e Contextos da Hospitalidade Sênia Regina Bastos
Ensino e Pesquisa em Hospitalidade Mirian Rejowski
Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo – TETRIS Hulda Erna Wehmann
Espectroscopia Óptica em Sistemas de Diagnóstico Médico-Biomédico Landulfo Silveira Junior
Esportes e Atividade Física Rodrigo Maciel Andrade
Estratégia e Gestão de Stakeholders em Hospitalidade Simone Ruchdi Barakat
Estudos do Horror e do Insólito na Comunicação Rogerio Ferraraz
Fisioterapia integrativa da prevenção a reabilitação Adriana Sarmento de Oliveira
Fitocomplexos e Sinalização celular Carlos Rocha Oliveira
Globalização e Hospitalidade Carlos Alberto Alves
GRUPIC – Grupo de Pesquisa Imagens em Conflito: Estética e Política no Cinema do Oriente Jamer Guterres de Mello

Grupo de Estudos em Experiências Midiatizadas Audiovisuais Daniel Gambaro
Grupo de Estudos em Medicina Integrativa da Faculdade de Medicina da Universidade Cecília Oliveira Barbosa Buck
Hospitalidade na competitividade em serviços Elizabeth Kyoko Wada
Inovações e Rupturas na Ficção Televisiva Maria Ignes Carlos Magno
Laboratório de Pesquisa da Paisagem – LAPAISA Hulda Erna Wehmann
Medicina Translacional Delio Eulalio Martins Filho
Micropolíticas do cotidiano: formas estéticas e narrativas no documentário contemporâneo Jamer Guterres de Mello
Narrativas Tecnológicas Vicente Gosciola
O Cinema e o Audiovisual no Brasil e o Brasil no Cinema e no Audiovisual Sheila Schvarzman
Ozônio: Usos e Aplicações Adriana Barrinha Fernandes Moretti
Poéticas da Arte e Design Gilberto dos Santos Prado
Poéticas do corpo e da voz Marcelo Braga de Carvalho
Pós-Digital no Design e na Arte Milton Terumitsu Sogabe
Representações, Mediações e Humor na Cultura Audiovisual Nara Lya Cabral Scabin
Resiliência e as Ciências Humanas e da Saúde Rosana Trindade Santos Rodrigues
Sistemas Inteligentes e Cibernéticos em Medicina, Saúde e Esportes José Ernesto De Araujo Filho
Técnicas Diagnósticas e Terapêuticas Renato Amaro Zângaro
Tecnologia e Sustentabilidade no Design e no Ambiente Construído Virgínia Célia Costa Marcelo

Editais Docente

Programa de Incentivo à Produção Científica Docente

A Universidade Anhembi Morumbi disponibiliza a seu corpo acadêmico o Programa de Incentivo à Produção Científica Docente, cujo principal propósito é fomentar o avanço científico-tecnológico e consolidar a prática de pesquisa entre os docentes por meio da concessão de auxílios a produções realizadas neste âmbito.

A iniciativa visa também:

• Ampliar a publicação nacional e internacional das produções em veículos qualificados, prioritariamente indexados nas bases WebQualis/CAPES e SCOPUS;
• Fortalecer a cooperação de pesquisa junto às instituições parceiras no País e no exterior;
• Estimular a constituição de novos grupos de pesquisa, bem como consolidar os existentes com a expansão das suas atividades de pesquisa e desenvolvimento;
• Incentivar a mobilidade dos pesquisadores e a consequente visibilidade das suas pesquisas com o incentivo à participação em conferências científicas e/ou tecnológicas realizadas dentro e fora do Brasil;
• Aumentar a demanda de pedidos direcionados à captação de recursos ao desenvolvimento de pesquisas junto às agências de fomento nacionais, nas esferas estaduais e federais, e internacionais; entre outros.

O Programa de Incentivo à Produção Científica Docente da Universidade Anhembi Morumbi está com seis editais com chamada aberta:

Concessão de Auxílio para Publicação em Periódicos Qualificados;
Concessão de Auxílio para Participação em Evento de Natureza Científica e/ou Tecnológica no País e Exterior;
Concessão de Auxílio para Pesquisa Desenvolvida por Professores de Tempo Integral Vinculados à Graduação;
Concessão de Auxílio para Pesquisa Desenvolvida em Parceria/Cooperação/Rede Nacional;
Concessão de Auxílio para Pesquisa Desenvolvida em Parceria/Cooperação/Rede Internacional;
Concessão de Auxílio para Pesquisa Desenvolvida por Pesquisador Membro de GP-CNPq;
Concessão de Auxílio para Pós-Doutorado, Professor Visitante e Residência no Exterior.