Produção Editorial – Bacharelado

Guia do estudante:
Reconhecido pelo MEC
Confira as portarias
Autorização/Criação
  • Parecer CFE nº 37, de 12 de janeiro de 1972
Reconhecimento
  • Decreto Lei nº 74.384, publicada no DOU de 09 de agosto de 1974
Renovação de Reconhecimento
  • Portaria nº 521, publicada no DOU de 15 de outubro de 2013.

Sobre o curso

Modalidade
Presencial
Tipo de Curso
Bacharelado
Duração
8 semestres

Receba mais informações

Atenção: Este curso não está sendo ofertado neste semestre. Clique aqui e receba informações sobre a abertura de novas turmas.

Por que na Anhembi

Formação de alto nível

Nota máxima no ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), o curso de Produção Editorial com ênfase em Multimeios foi estruturado para oferecer a você uma formação completa, com foco nas principais atividades da produção editorial e em segmentos de mercado emergentes, como o Terceiro Setor e Educação a Distância. Por isso, foi indicado como um dos melhores cursos do País, avaliado com 4 estrelas no Guia do Estudante Abril 2014.

Incentivo à percepção crítica

Aqui, você será estimulado a ter uma percepção crítica e a desenvolver o pensamento estratégico, visando uma formação voltada ao empreendedorismo. Desde o primeiro semestre, você terá uma visão ampla e diversificada da profissão, por meio de projetos integrados, atrelados às diversas mídias e em diferentes níveis de complexidade.


Infraestrutura de nível Internacional

Desde o início do curso, você será envolvido em atividades práticas, nas mais diversas áreas. Para potencializar seu aprendizado, contará com o apoio de uma infraestrutura de ponta, com mais de 1.000 m² de área total de estúdios para produções audiovisuais. As instalações são totalmente equipadas para a prática de atividades em rádio, televisão, cinema, jornalismo, publicidade e propaganda, produção editorial e relações públicas, atendendo às altas exigências do mercado de comunicação e multimídia. Além disso, você conta com uma biblioteca com amplo acervo de áudio, vídeo, filmes e periódicos, entre outros.

Corpo Docente Qualificado

Você terá aulas com os melhores professores do País, a maioria deles mestres e doutores, formados por universidades renomadas do Brasil e do exterior. A maioria também atua no mercado editorial, ocupando cargos de liderança em grandes editoras, escritórios de edição de textos e imagens, programação e serviços gráficos, além de empresas de comunicação do País, o que garante a qualidade do ensino teórico e prático. Além disso, muitos possuem experiência internacional como executivos, docentes ou pesquisadores.


Carreira

O que lhe reserva a carreira de Produção Editorial

A migração de conteúdos off-line para mídias digitais tem gerado mais vagas de trabalho para o produtor editorial, tornando o mercado de trabalho promissor. Isso se deve à necessidade de interatividade com o conteúdo que o mercado exige cada vez mais. A participação deste profissional durante a produção de materiais vindos de mostras de cinemas, festivais de teatro, música e exposições culturais são exemplos de um novo nicho que também desponta no mercado para o produtor editorial.

Ao final do curso, você estará apto a:

Criar, planejar e elaborar produtos editoriais gráficos, audiovisuais e virtuais; Planejar estratégias de marketing editorial e a comercialização de produtos editoriais; Ter visão de negócios e ser capaz de identificar oportunidades, empreender projetos e administrar custos de produção; Dominar as estruturas de linguagens aplicáveis a obras literárias, científicas, instrumentais, culturais e de divulgação; Conhecer as linguagens visuais e das histórias dos produtos editoriais, das artes e culturas; Atender à demanda dos produtos customizados (sob medida); Ter capacidade de leitura crítica de sua própria produção e consciência de seu papel como agente de mediação cultural.

Grade curricular

COMUNICAÇÃO (EAD)
FILOSOFIA E ÉTICA
CONVERGÊNCIA DE MÍDIAS
HISTÓRIA SOCIAL DO LIVRO E DA LEITURA
PROJETO EM PRODUÇÃO EDITORIAL: MÍDIA IMPRESSA
METODOLOGIA CIENTÍFICA (EAD)
ARTE, CULTURA E ESTÉTICA
SOCIOLOGIA
ESTUDOS DE LINGUAGEM – REDAÇÃO
PROJETO PRODUÇÃO EDITORIAL EM MÍDIA AUDIOVISUAL
ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA (EAD)
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO
CULTURA IMPRESSA: ARTE E DESIGN
FUNDAMENTOS DE MARKETING
PROJETO EM PRODUÇÃO EDITORIAL: MÍDIAS DIGITAIS
Desenvolvimento Humano e Social (EAD)
LIVRO E MERCADO EDITORIAL NO BRASIL
CRIAÇÃO E PRODUÇÃO IMPRESSA: DESIGN GRÁFICO E DIGITAL
PROJETO PRODUÇÃO EDITORIAL PARA 3º SETOR
DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS (EAD)
PLANEJAMENTO E GESTÃO EDITORIAL
PROJETO EM PRODUÇÃO EDITORIAL: HIPERMÍDIA
OPTATIVA – TRILHA 1
CRIAÇÃO E PRODUÇÃO HIPERMIDIA – DESIGN DE WEB E NAVEGAÇÃO
FOTOGRAFIA
OPTATIVA – TRILHA 2
OPTATIVA (INCLUI LIBRAS)
TÓPICOS AVANÇADOS DE PRODUÇÃO EDITORIAL IMPRESSA
PESQUISA E PROJETO TRANSDISCIPLINAR
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
ESTÁGIO SUPERVISIONADO
ATIVIDADES COMPLEMENTARES

A matriz curricular do curso poderá sofrer alteração a critério da Instituição de Ensino, respeitando as diretrizes curriculares nacionais e a coerência com o projeto pedagógico do curso, sempre em conformidade com a legislação vigente.

Sobre a coordenação e corpo docente

Clique aqui e confira o corpo docente

  • Coordenadora do Curso

    Maria Cristina Rosa de Almeida

    Jornalista graduada pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (1979), especialista em Comunicação e Educação pela Universidade Anhembi Morumbi (2001) e mestre em Ciências da Comunicação pela ECA-USP (2012). No mercado profissional, durante mais de 20 anos, foi chefe de redação e editora de revistas, tanto comerciais (Afinal, Planeta, W São Paulo) como empresariais (Nestlé, Kodak, Gradiente, Bayer, McDonald’s, Sesi, Unimed). Atuando na Universidade Anhembi Morumbi desde 1999, foi coordenadora geral do curso de Comunicação Social (2000-2002), coordenadora de produção do departamento de Educação a Distância (2003-2005) e coordenadora do curso de Jornalismo (2005-2007). De fevereiro de 2015 a agosto de 2016,foi professora da pós-graduação lato sensu também no EAD do Senac-SP. Atualmente, é coordenadora-adjunta dos cursos de Jornalismo, Produção Editorial e Relações Públicas, além de professora no curso de Jornalismo da mesma instituição.

Sobre o intercâmbio

Sua viagem pelo conhecimento começa agora

A Anhembi Morumbi faz parte de uma rede internacional de universidades: a Laureate International Universities. Com mais de 80 instituições inovadoras ao redor do mundo, a Rede Laureate provê, a mais de 1 milhão de alunos, acesso a um ensino de qualidade por meio de cursos de graduação e pós-graduação presenciais, semipresenciais e on-line.

Confira os programas e destinos disponíveis:

Semestral

Instituição País Investimento Idioma Detalhes Documento

Universidad Peruana de Ciencias Aplicadas (UPC)

A Universidade Peruana de Ciências Aplicadas (UPC) nasceu em 1994 como uma instituição de ensino baseada na criatividade e inovação, visando a formação de futuros profissionais, que serão protagonistas da mudança. Hoje é a primeira universidade global no Peru. Possui mais de 40 cursos de graduação nas Faculdades de Administração em Hotelaria e Turismo, Arquitetura, Artes Contemporâneas, Ciências da Saúde, Ciências Humanas, Comunicações, Direito, Design, Economia, Educação, Engenharia, Negócios e Psicologia. Além disso, possui mais de 20 programas de pós-graduação.

PERU Continua a pagar o mesmo valor de mensalidade (preço de edital/ sem bolsas e descontos). ESPANHOL Necessário visto de estudos. Apresentação

Universidad Latina de Costa Rica (Ulatina)

A Universidad Latina, fundada em 1979, e a Universidad Interamericana de Costa Rica, fundada em 1986, juntaram-se em 2010 para se tornar a Universidad Latina de Costa Rica (ULATINA), uma instituição que combina os pontos fortes e as especialidades de suas antecessoras. A ULATINA é a maior universidade privada da Costa Rica, de acordo com o Estado de la Educación en Costa Rica, com mais de 35.400 estudantes matriculados.

COSTA RICA Continua a pagar o mesmo valor de mensalidade (preço de edital/ sem bolsas e descontos). ESPANHOL Necessário visto de estudos. Apresentação

Universidad del Valle de México (UVM)

Fundada em 1960, Universidad del Valle de México (UVM) é uma das 10 melhores instituições de ensino superior do México. Com 125.000 alunos matriculados em 36 campi, espalhados por 18 estados, também é a maior universidade privada do país.

MÉXICO Continua a pagar o mesmo valor de mensalidade (preço de edital/ sem bolsas e descontos) ESPANHOL Exigido o teste de proficiência não oficial de espanhol - nível mínimo B2. Necessário visto de estudos para curso com duração superior a 6 meses. Apresentação

Universidad Andrés Bello (UNAB)

Fundada em 1989, Universidad Andrés Bello (UNAB) é conhecida por seu rigor acadêmico e excelência em pesquisa. Mais de 47 mil alunos estão matriculados nos campi Santiago, Viña del Mar e Concepción. A UNAB é considerada a melhor universidade privada do Chile e mantém posição de destaque nos rankings internacionais, como o QS Stars, que a classificou como uma das 10 melhores instiuições de ensino superior da América Latina.

CHILE Continua a pagar o mesmo valor de mensalidade (preço de edital/ sem bolsas e descontos) ESPANHOL Necessário visto de estudos. Apresentação

Universidad Tecnológica Centroamericana (UNITEC)

Fundada em 1987, a Universidad Tecnológica Centroamericana (UNITEC) promove o espírito empreendedor de seus mais de 20.000 alunos. A instituição conta com três campi em Tegucigalpa e um em San Pedro de Sula. A UNITEC se destaca como a universidade privada de maior prestígio em Honduras, de acordo ranking do Unimer Research International.

HONDURAS Continua a pagar o mesmo valor de mensalidade (preço de edital/ sem bolsas e descontos). ESPANHOL Necessário visto de estudos. Apresentação

Stamford International University (SIU)

A Stamford International University foi fundada em 1995 e tem estudantes provenientes de mais de 68 países. Primeira universidade na Tailândia a receber a credencial da Assembléia Internacional para Educação Colegial de Negócios (IACBE) pelos programas oferecidos em sua Faculdade de Tecnologia e Negócios.

TAILÂNDIA Continua a pagar o mesmo valor de mensalidade (preço de edital/ sem bolsas e descontos). Acrescido o valor de matrícula exigido pela imigração da Tailândia sob estudantes internacionais - 5.000 Baht - válido para um semestre. Em caso de extensão (+1 semestre) o valor para renovação de matrícula é de 1.900 Baht. INGLÊS Exigido o teste de proficiência oficial de inglês - nível mínimo B2. Histórico escolar oficial e carta de motivação (traduzidos em inglês). Necessário visto de estudos.

Saiba mais

Mais Informações

Português (Brasil)
English Português (Brasil)