Universidade Anhembi Morumbi recebe o chef Mauro Maia na inauguração do evento “Prata da Casa”

0h00

No dia 28 de abril de 2008, a Coordenação de Gastronomia deu início a uma série de palestras intitulada “Prata da Casa”. Com o objetivo de mostrar casos de ex-alunos que obtiveram grande sucesso e reconhecimento na profissão, o encontro recebeu no campus Centro o renomado chef Mauro Maia, graduado na primeira turma do curso, em 2000.

Mauro Maia, ex-aluno da Instituição
Mauro Maia, ex-aluno da Instituição

Proprietário do Supra, um dos três mais badalados restaurantes italianos de São Paulo e vencedor de diversos prêmios e homenagens, o ilustre ex-aluno dividiu com os 50 presentes um pouco de sua experiência. “É muito legal voltar à Universidade, só que dessa vez do outro lado da bancada, retribuindo uma pequena parte dos ensinamentos que recebi aqui”, conta.

Entre outros assuntos, Maia destacou a importância de cursar Gastronomia por amor, e não para seguir os modismos da atualidade. “Eu era executivo de uma grande multinacional. Larguei tudo depois de sentir que tinha vocação e paixão pela gastronomia. Algum tempo depois, Mauro Maia viu no jornal uma matéria sobre a inauguração do primeiro curso superior em Gastronomia do País, oferecido pela Anhembi Morumbi e não titubeou. “Inscrevi-me para o vestibular e consegui ser aprovado”, lembra.

Mauro Maia durante sua palestra no Centro Gastronômico da Universidade Anhembi Morumbi
Mauro Maia durante sua palestra no Centro Gastronômico da Universidade Anhembi Morumbi

Maia também contou como lutou para atingir o sucesso. Após estagiar durante um ano com o famoso chef Erick Jacquin, conseguiu por meio de um concurso promovido pela Universidade uma bolsa para estudar durante seis meses no Italian Culinary Institute for Foreigners (ICIF), uma das escolas mais conceituadas no ensino da cozinha italiana. “Quando eu era estagiário aqui no Brasil, trabalhava aos sábados, domingos e feriados. No ICIF não foi diferente; só tinha os domingos livres e o restante do tempo era de muito trabalho, estudo e dedicação.”

 Rosa Moraes, diretora da Escola de Turismo e Hospitalidade e o chef Mauro Maia
Rosa Moraes, diretora da Escola de Turismo e Hospitalidade e o chef Mauro Maia

Em um bate-papo bastante descontraído, o chef deu diversos conselhos aos futuros gastrônomos, desde dicas culinárias até importantes informações sobre a melhor forma de gerir um restaurante. Nesse último caso, Maia ressaltou principalmente a qualidade absoluta como meta a ser seguida, além da diferenciação do negócio em relação à concorrência como fator fundamental para atingir o sucesso. “Existem apenas dois tipos de cozinha: a boa e a ruim. Se o seu cliente não gostar do prato, ele pode até voltar uma segunda vez. Mas se os serviços oferecidos não agradarem o cliente, ele nunca mais voltará”, alerta.