Universidade Anhembi Morumbi participa do revezamento da Tocha Olímpica

14h16

A Anhembi Morumbi participará da passagem da Tocha Olímpica em São Paulo. No dia 23 de julho, sábado, a professora do curso de Medicina, Silvana Vertematti, carregará o tradicional símbolo das Olimpíadas no percurso em São Caetano do Sul.

A professora, que trabalha como Médica do Esporte, também atuará nas Olimpíadas Rio 2016 na equipe de serviços médicos. Ela conta que ao receber o convite ficou bastante emocionada. “O significado da passagem da Tocha é muito bonito. É uma tradição ao longo dos séculos e um momento de comunhão da população do país dos jogos com os atletas. É um símbolo de união entre os povos”, explica Silvana. A docente trabalha como médica do esporte há oito anos e já acompanhou algumas equipes olímpicas em campeonatos internacionais.

Já no dia 24 de julho, domingo, os alunos da Universidade serão os responsáveis por fazer o cordão de proteção da passagem da tocha na zona leste de São Paulo.

A tradição da Tocha Olímpica começou na primeira edição dos Jogos na Era Moderna, em Amsterdã, no ano de 1928. Foi a primeira vez que a pira Olímpica foi acesa. Já o revezamento da Tocha foi realizado pela primeira vez em Berlim, no ano de 1936. A tradição só ganhou reconhecimento nas Olimpíadas pelo Movimento Olímpico na edição de Londres 1948.