Universidade Anhembi Morumbi obtém excelentes resultados no ciclo avaliativo Sinaes 2010

0h00

Todo esforço acadêmico empreendido pela Universidade Anhembi Morumbi nos últimos três anos pode ser comprovado pelos excelentes resultados obtidos pela Instituição desde 2004, com a criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O instrumento analisa as condições de ensino, em especial aquelas relativas ao corpo docente, às instalações físicas, ao projeto pedagógico e ao resultado dos alunos do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Os Conceitos Preliminares de Cursos (CPC), índice que avalia os cursos de graduação, já estão disponíveis na imprensa nacional e são relativos ao ciclo avaliativo de 2010, o qual englobou prioritariamente a área da Saúde, com os cursos de Fisioterapia, Nutrição, Farmácia, Medicina Veterinária, Medicina, Educação Física e Enfermagem.

Dos cursos da Anhembi Morumbi avaliados, em uma escala de 1 a 5, quatro obtiveram CPC 4 e apenas um obteve CPC 3, enquanto na avaliação anterior cinco obtiveram CPC 3, o que demonstra a evolução da Universidade e contribui diretamente para a melhora do Índice Geral de Cursos (IGC), um indicador de qualidade de instituições de ensino superior divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Confira aqui a matéria divulgada pelo Ministério da Educação (MEC).

Quanto às avaliações de reconhecimento de curso, a Escola de Ciências da Saúde recebeu duas visitas in loco em 2011: Ciências Biológicas e Estética. Em ambos os casos, os cursos receberam nota 4, também em uma escala de 1 a 5.

Vale ressaltar que ENADE, CPC e reconhecimento (ou renovação de reconhecimento) são avaliações que objetivam fornecer uma medida de qualidade dos cursos de graduação, de modo a subsidiar o processo de supervisão e regulação dos cursos ofertados no País.