SPFW – Inverno 2009: bate-papo com publicitário e professora da Universidade abordou a relação entre Moda e Comunicação

0h00

Na tarde do dia 19 de janeiro, o lounge da Universidade Anhembi Morumbi, instalado na 26ª edição do São Paulo Fashion Week, foi palco para um bate-papo irreverente com Luiz Lara, sócio e CEO (Central Executive Officer) da Lew’Lara/TWA, quarta maior agência de propaganda no ranking Monitor Ibope, e a jornalista e professora do curso de Negócios da Moda, Carol Garcia, sobre o tema “Moda e Comunicação”.

 Os convidados falaram sobre suas experiências profissionais na área de Comunicação e Moda
Os convidados falaram sobre suas experiências profissionais na área de Comunicação e Moda

O encontro reuniu dezenas de pessoas e abordou como a comunicação e a moda interagem entre si, formando um novo perfil do consumidor nos dias atuais. Segundo a profa. Carol Garcia, a moda funciona como um elemento que agregado ao corpo expande os processos da comunicação. “Comunicar é criar e manter vínculos. No ambiente da moda esse vínculo se estabelece por meio da indústria da publicidade, da elaboração de eventos e também da comunidade acadêmica, que cria a relação entre moda e cultura”, comentou.

 A profa. Carol Garcia contou um pouco de sua trajetória profissional dentro do mundo da Moda
A profa. Carol Garcia contou um pouco de sua trajetória profissional dentro do mundo da Moda

Já o publicitário Luiz Lara reforçou a importância da moda no trabalho de construção do posicionamento de marca memorável. “O consumidor quando escolhe uma marca, mais do que benefícios racionais, compra um produto no qual se identifica com os seus valores intangíveis.  Hoje em dia, não é possível construir uma marca se não estivermos conectados com os valores das pessoas”.

 O renomado publicitário Luiz Lara apresentou algumas peças desenvolvidas para seus clientes, onde a criatividade e a ousadia foram as principais características para a criação
O renomado publicitário Luiz Lara apresentou algumas peças desenvolvidas para seus clientes, onde a criatividade e a ousadia foram as principais características para a criação

Ao final do bate-papo, a diretora da Escola de Artes, Arquitetura, Design e Moda, profa. Mônica Moura, comemorou o sucesso do encontro, da exposição Jovens Expressões do Brasileirismo e do lounge da Universidade que reúne de forma lúdica, interativa e tecnológica, amostras de diversas áreas do conhecimento humano que integram a instituição.

Lounge Anhembi Morumbi
Logo na entrada do lounge, os visitantes são recebidos em um espaço que traz palavras e frases distribuídas pelo piso e que os seguem conforme andam pelo ambiente. As paredes exibem depoimentos em vídeo dos alunos da Universidade sobre os temas brasilidade e felicidade.

 Os visitantes passam por uma área interativa, onde palavras e frases os seguem pelo local
Os visitantes passam por uma área interativa, onde palavras e frases os seguem pelo local

 

Exposição
Da mesma forma, a exposição “Jovens Expressões do Brasileirismo”, localizada no piso térreo do pavilhão da Bienal, promove interação com o público em um espaço de 160m² dividido em cinco ambientes desenvolvidos pelos professores e alunos da Anhembi Morumbi, com o objetivo de provocar o aguçamento dos sentidos do visitante, ampliando sua imaginação e reflexão. Na opinião da coordenadora do curso de Design de Moda, profa. Eloize Navalon, a parceria firmada entre o evento e a Universidade possibilitou uma experiência enriquecedora para os alunos da instituição.

 As alunas dos cursos de Negócios da Moda e Design de Moda participam da organização dos desfiles do SPFW
As alunas dos cursos de Negócios da Moda e Design de Moda participam da organização dos desfiles do SPFW

A mesma opinião tem a aluna do 5º período do curso de Negócios da Moda, Thaís Corá, que está trabalhando como monitora em uma sala de desfile e teve a oportunidade de ver de perto modelos internacionais, como a top model Gisele Bündchen. “Participar do SPFW é uma experiência única. Eu já tinha assistido a um desfile na edição anterior, mas não fazia ideia de como era preparação e organização de um evento com este porte. Com certeza, aprendi muito”.

 Na exposição, os visitantes podem vestir a roupa e ver outras estampas que não são possíveis no meio material
Na exposição, os visitantes podem vestir a roupa e ver outras estampas que não são possíveis no meio material

Ainda no espaço da exposição, os visitantes podem experimentar o “Brasileirismo em Formas Vestíveis”, onde uma roupa interativa com o ambiente virtual gera animações digitais e estampas diferenciadas.