Solicitação para Prova Substitutiva deve ser feita até 14 de dezembro

11h02

Com o objetivo de contribuir com a formação de seus estudantes, a Universidade adota o procedimento para a aplicação de Prova de Segunda Chamada, mais conhecida como Prova Substitutiva.

A Prova Substitutiva pode ser realizada pelos estudantes que não puderem comparecer ou desejarem substituir a nota da Prova Final (N2). Esta avaliação é aplicada no prazo estabelecido no calendário acadêmico (acesse-o aqui). É preciso ficar atento, pois as datas de aplicação da avaliação são diferentes para estudantes dos cursos presenciais e dos cursos de educação a distância.

Os estudantes dos cursos presenciais que desejarem participar da Prova Substitutiva deverão realizar a solicitação até 14 de dezembro de 2014 por meio de nosso portal (“Sou Anhembi > Aulas, Notas e Faltas > Prova Substitutiva > Solicitação de Serviços > Novos Serviços”. Conheça aqui o tutorial para abertura da solicitação), imprimir o boleto de cobrança e pagá-lo antes da data de aplicação da prova.

É extramente importante que a abertura da solicitação seja feita somente após certeza do estudante em realizar a nova avaliação. Após ser realizada a solicitação da Prova Substitutiva, um boleto de taxa de serviço será automaticamente gerado, conforme edital de taxas da Universidade (confira-o aqui), o qual não será cancelado ou estornado em caso de desistência na realização da prova, bem como, o pagamento da taxa não poderá ser transferido de uma disciplina para outra.

Já os estudantes das disciplinas e cursos de educação a distância devem ficar atentos às orientações e prazos disponibilizados na Unidade Web para solicitação da Prova Substitutiva.

A Prova Substitutiva não se aplica às notas e/ou conceitos obtidos nos Projetos Interdisciplinares, Projetos Integrados, Atividades Complementares, Estágios e Internato Médico. Além disso, caso a nota obtida na Prova Substitutiva seja inferior à nota da Prova Final (N2), prevalecerá a maior nota alcançada pelo estudante.

Esta iniciativa está amparada pela Normativa da PROACAD – Pró-Reitoria Acadêmica (confira-a aqui).