Prof. Mario Cassettari, do curso de Rádio e TV, recebe menção honrosa no I Concurso de Curtas de Responsabilidade Social

0h00

A Anhembi Morumbi participou do I Concurso de Curtas de Responsabilidade Social das IES (Instituições de Educação Superior), da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior), representada pelo prof. Mário Cassettari, que recebeu Menção Honrosa pelo vídeodocumentário e reportagem jornalística Olhar Solidário no dia 10 de junho, durante cerimônia realizada na sede da Associação, em Brasília.

Antes da premiação foirealizado um seminário sobre o tema “Responsabilidade social e ambiental: o papel das IES particulares”, no qual o professor apresentou e exibiu o seu filme.

O filme, totalmente produzido por professores, alunos e ex-alunos da Universidade, é um documentário institucional reflexivo sobre o encontro do professor com o aluno Bruno Alves, do curso de Rádio e TV.

O docente conta que estava substituindo a professora da disciplina Análise da Imagem quando conheceu o jovem, que perdeu a visão depois de um glaucoma congênito durante a adolescência. O estudante pediu ajuda para produzir o documentário A visão dos cegos, que inscreveria no 1º Festival de Curtas da Anhembi. A partir desse momento, surgiu a idéia do professor fazer um documentário sobre essa produção.

Para ele, o prêmio é uma oportunidade de revelar para a sociedade que a relação entre professor e aluno, somada ao apoio institucional, pode ir além dos contornos acadêmicos. “Além disso, o prêmio contribui para que os alunos mais uma vez percebam que quando se estabelece um clima de confiança e de interesse mútuo, tudo fica mais fácil para que histórias como a do Bruno Alves se repitam e fortaleçam a dinâmica de uma Universidade”, comenta.

Prof. Cassetari ao lado da vice-presidente da ABMES, profª Carmen Luiza da Silva e do Dr. Gabriel Mário Rodrigues
Prof. Cassetari ao lado da vice-presidente da ABMES, profª Carmen Luiza da Silva e do Dr. Gabriel Mário Rodrigues

 

De acordo com o professor, falar sobre Responsabilidade Social também é um tipo de responsabilidade. “Creio que este documentário agregou dois fatores importantes: um, é o aspecto social em si, presente na temática da narrativa; o outro é acadêmico, pois quando um projeto documental envereda por uma linguagem mais artística, há uma demanda imediata de reflexão e experimentação, que resultam em uma rica aprendizagem”, finaliza.

O coordenador de Responsabilidade Social da Anhembi Morumbi, Mauricio Homma, conta que viu no concurso uma excelente oportunidade de participação, para mostrar uma narrativa de histórias de pessoas que mostrassem algumas ações de responsabilidade social no cotidiano da Universidade. Por isso, entrou em contato com a Escola de Comunicação da Anhembi Morumbi para a solicitação de um trabalho que atendesse à necessidade e, assim, deram início ao trabalho.

Segundo Mauricio Homma, a premiação representa o êxito de um trabalho de responsabilidade social, que não se compreende como uma proposta de ações à parte das atividades regulares da Universidade, mas sim se insere nas atividades competentes e compromissadas dos professores e alunos da Anhembi Morumbi. “Significa o reconhecimento de um desafio acadêmico em que ser criativo e inovador requer encontrar formas plurais de acolher e valorizar as pessoas e as relações em suas diversidades”, completa.