“Magic” Paula apresenta aula inaugural no curso de MBA em Gestão e Marketing de Entidades Esportivas

0h00

A Universidade Anhembi Morumbi promoveu, no dia 30 de março, aula inaugural para o curso de MBA em Gestão e Marketing de Entidades Esportivas, no campus Avenida Paulista. O destaque foi a presença especial da ex-jogadora de basquete “Magic” Paula, que fez uma apresentação sobre “A importância do gestor esportivo”, abordando seus cenários e tendências. Paula, mesmo após deixar as quadras, se preocupa com os estudos e é, atualmente, gestora pública do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa de São Paulo.

 "Magic" Paula inicia palestra sobre "A importância do gestor esportivo"
“Magic” Paula inicia palestra sobre “A importância do gestor esportivo”

A aula inaugural, contou com a presença de alunos e professores, foi iniciada pela professora e coordenadora do curso, Deborah Palma, que destacou a importância do MBA no cenário esportivo nacional e a qualidade da estrutura montada aos estudantes da Anhembi Morumbi. Deborah chamou atenção para o “emburrecimento” dos atletas e a importância dos estudos e da boa gestão “Precisamos de pessoas que pensem e reflitam o esporte”, ressalta.

 Alunos e professores acompanharam a palestra ministrada por "Magic" Paula
Alunos e professores acompanharam a palestra ministrada por “Magic” Paula

Em sua apresentação, “Magic” Paula falou aos presentes sobre as barreiras ainda existentes no  mercado de trabalho. “Ainda é um mercado feudal com os mesmos dirigentes há anos. Porém, é necessário melhorar o esporte brasileiro. Estamos engatinhando nesta área e, por isso, estou feliz em fazer parte do conselho, contribuindo para este MBA”, disse a ex-jogadora de basquete, referindo-se ao conselho consultivo do MBA em Gestão e Marketing de Entidades Esportivas, que conta com a participação de várias personalidades ligadas ao esporte, como José Montanaro, Juca Kfouri, José Trajano, Walter Feldman, Ricardo Prado, entre outros.

Paula também criticou a falta de gestão no caso de atletas que se transformam automaticamente em técnicos, por terem a vivência na modalidade. “É o problema da visão imediatista e amadora”, comentou. Em seguida, explicou o que é ser gestora pública: “É difícil, pois nem tudo pode. É necessário licitação. Eu sinto que os gestores estão mudando. Trabalhei com a Marta, o Serra e o Kassab e a mentalidade tem sido diferente. O trabalho do gestor precisa estar focado no atleta, pois ele é o produto final”.

 A profa. Anahy Couto, o medalhista olímpico e prof. Ricardo Prado, "Magic" Paula e a profa. Deborah Palma foram os destaques da aula inaugural 
A profa. Anahy Couto, o medalhista olímpico e prof. Ricardo Prado, “Magic” Paula e a profa. Deborah Palma foram os destaques da aula inaugural 

Ao fim da palestra, Paula respondeu perguntas dos alunos sobre temas ligados à capacidade técnica, liderança e educação. Também citou elementos primordiais da gestão esportiva, como planejamento a longo prazo, valorização da prática, o foco no atleta, a moralização, respeito a intuição, atualização e a formação de novos gestores do esporte. Questionada sobre as possíveis consequências para o esporte nacional de uma Olimpíada ou Copa do Mundo, a ex-jogadora de basquete foi cética: “Copa do Mundo é muito mais fácil de organizar do que uma Olimpíada, mas os cartolas devem continuar os mesmos”. Para o medalhista olímpico e prof. Ricardo Prado, também presente na palestra, “na Copa não haverá fomento. Haverá estádios maravilhosos e só isso”.

 Paula, os alunos e professores se reúnem para uma foto da aula inaugural
Paula, os alunos e professores se reúnem para uma foto da aula inaugural