Gastronomia, cinema, música e moda: paixões do lounge Anhembi Morumbi no segundo dia de SPFW

0h00

Acesse aqui o hotsite oficial da Anhembi Morumbi no SPFW – Verão 2010.

Inspirado pelo tema da São Paulo Fashion Week, o lounge da Universidade Anhembi Morumbi no maior evento de moda do País transborda “Paixão pelo Conhecimento”. O espaço, que comemora o ano da França no Brasil, é palco de uma série de atividades com profissionais das mais variadas áreas.

 Lounge Anhembi Morumbi
Lounge Anhembi Morumbi

 

No último dia 18, o lounge iniciou suas atividades com a profa. Roberta Sogayar, do curso de Turismo, que apresentou os “Guias da Paixão” produzidos pelos alunos, com roteiros e dicas para os diferentes interesses do público paulistano, desde as pessoas que se interessam por bicicletas até as mulheres que desejam fazer uma despedida de solteira diferente.

 Os alunos Juliano Barbosa e Francis Salgado e a profa. Roberta Sogayar
Os alunos Juliano Barbosa e Francis Salgado e a profa. Roberta Sogayar

 

O aluno Juliano Barbosa, do 3º semestre, foi ao evento para falar do Guia do Volunturismo (expressão utilizada para turistas que visitam as cidades para praticar ações de voluntariado), cujo material será tema de um artigo científico com o objetivo divulgar o trabalho.
Cozinha Show

Durante a tarde, o público pôde saborear um delicioso bate-papo com a chef Carla Pernambuco sobre a conexão entre a gastronomia e a paixão, além de apreciar os poemas declamados pela chef, que contavam sobre o prazer da arte de cozinhar.

Um desses poemas remeteu o público ao seu tempo de infância, temperado com as receitas da vovó servidas em uma farta mesa familiar. E o assunto rendeu. O prof. Francisco Canindé, coordenador do curso de Hotelaria, comentou durante a conversa sobre a importância de uma refeição em família. Concordou com ele a chef, a qual gostaria que esse costume fosse resgatado. “A comida aproxima as pessoas. Casa que não tem cozinha, não tem vida. Além disso, o prazer de viver não está nos anos de vida que temos e sim nas experiências e o que aproveitamos de cada uma delas. Por isso, temos que resgatar esse costume. E já!”.

 Chef Carla Pernambuco fala sobre a paixão de cozinhar 
Chef Carla Pernambuco fala sobre a paixão de cozinhar 

 

Carla Pernambuco falou, ainda, que os brasileiros precisam valorizar mais a sua comida. “É incrível como as pessoas dão mais valor para o que vem de fora, principalmente Europa e Estados Unidos. Precisamos explorar com mais paixão cada cantinho do nosso País”, completa.

Paixão pelo movimento

O ex-aluno do curso de Cinema, Leandro Goddinho, exibiu o curta-metragem “Darluz”, vencedor do VI PUTZ – Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba e menção honrosa no II Miau – Mostra Independente do Audiovisual Universitário.

A produção é uma adaptação do conto homônimo de Marcelino Freire e conta a história de Darluz da Conceição, uma mulher pobre que se recusa a criar seus muitos filhos, todos nascidos de relacionamentos frustrantes com seus diferentes maridos, alegando que não teria condições de criá-los.

O filme se caracteriza pela união da linguagem teatral com formatos televisivos e por uma montagem dinâmica de sobreposição de imagens. “Esse filme tem tudo a ver com esta edição da SPFW, pois fala de paixão, de intensidade, de um amor profundo”, comenta a profa. Silvia Helena Cardoso, coordenadora do curso de Cinema.

 Cineasta Leandro Goddinho fala sobre seu filme
Cineasta Leandro Goddinho fala sobre seu filme

 

Leandro Goddinho conta que o curta-metragem tem gerado polêmica por onde passa. “Gosto de quebrar regras e isso, muitas vezes, incomoda. Então, a relação das pessoas com o filme tem sido de amor e ódio: elas adoram ou odeiam. Mas isso é muito bom, pois significa que ‘Darluz’ mexe com as pessoas, com os sentimentos delas”, conclui.

A produção participará, entre os dias 26 e 28 de junho, do 2º Festival de Filmes Independentes, em Roterdã, na Holanda.

Diálogos Criativos

Ricardo Corte Real e o Grupo Vocal Juke levaram o público a uma fantástica viagem pela história dos jingles. “Hoje trouxemos para o lounge da Universidade Anhembi Morumbi um pouco dessa que moveu muitos profissionais a marcar a memória afetiva das pessoas”. Com esta frase, o ator e compositor deu início a este passeio musical.

Grupo Juke canta e encanta o público com os jingles 
Grupo Juke canta e encanta o público com os jingles 

 

O grupo cantarolou jingles inesquecíveis, como do creme Rugol, Detefon, Biscoitos São Luiz, Casas Pernambucanas, Varig, Vasp, Garbo e Ponds. O público não conseguiu tirar o sorriso do rosto com essa apaixonante apresentação.

Homenagem à Sakina

Para encerrar as atividades do dia, o lounge da Universidade Anhembi Morumbi promoveu um coquetel em homenagem à estilista sul-africana radicada na França, Sakina M’Sa.

 Alunos da Anhembi Morumbi e Sakina
Alunos da Anhembi Morumbi e Sakina

 

Aclamada internacionalmente por seu trabalho junto a sociedades carentes, a estilista desenvolveu uma ação conjunta com a Anhembi Morumbi e o projeto Ofício Moda – ONG Estrela Nova, promovendo workshops com alunos da Universidade e com costureiras do projeto, nos quais os envolvidos produziram looks a partir da técnica cadavre exquis dos surrealistas franceses, que consiste na desconstrução e construção de peças.

 

 Sakina e participantes do projeto Ofício Moda 
 Sakina e participantes do projeto Ofício Moda 

 

O resultado desta iniciativa está sendo apresentado na SPFW, por meio da “Exposição Brasilópolis Jardim Paris”, que mostra ao público algumas peças feitas com tecidos de algodão. Além disso, esses elementos serão apresentados em desfile no dia 21 de junho, sob a trilha sonora desenvolvida pelos alunos de Música Eletrônica.

 Exposição Brasilópolis Jardim Paris
Exposição Brasilópolis Jardim Paris

 

Com foco em mulheres de baixa renda que vivem na região do bairro Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, o projeto Ofício Moda trata-se de um curso de capacitação profissional na área de moda. Para a coordenadora pedagógica do projeto, Renata Ribeiro, esta é uma oportunidade ímpar para essas jovens mostrarem seu trabalho. “Este foi um presente da Sakina para essas mulheres. Mais que desenvolver roupas, foi um trabalho de autossuperação. Hoje, elas sabem que conseguem criar, inventar, ousar. Sem contar que este é um sonho que elas nem imaginavam possuir, pois nunca idealizaram estar aqui (na SPFW) um dia”, comenta.