Final do 2º Play – Festival de Música Anhembi Morumbi agita a galera no campus Centro

0h00

Os finalistas do 2º Play – Festival de Música Anhembi Morumbi deram um verdadeiro show no dia 8 de junho de 2008. Muita música e agitação movimentaram o domingo da galera que foi assistir ao evento no campus Centro.

Alunos de todos os campi participaram da fase eliminatória, que teve início em 8 de maio. Dez concorrentes, entre as categorias Banda e Música Eletrônica, foram classificados para a finalíssima, passando por uma difícil seleção, que contou com quase 50 apresentações.

A galera curtindo o som do 2º Play
A galera curtindo o som do 2º Play

 

Os três vencedores de cada categoria foram selecionados por um júri de conceituados profissionais da área musical brasileira. São eles: Alberto Faccini, vencedor na categoria arranjo musical do 1º FIFAM (Festival Interno Faculdade Anhembi Morumbi), 1982; Alexandre Basa, produtor musical; prof. Leonardo Vergueiro, coordenador do curso de Produção de Música Eletrônica da Anhembi Morumbi; Mariana Ruggiero, musicista; profa. Leia, professora de canto e musicista; Pedro Rosa, produtor musical; Vicenzo, musicista e Vitor Lima, DJ Fenômeno.

O júri esteve atento à aptidão dos jovens talentos
O júri esteve atento à aptidão dos jovens talentos

 

Após a apresentação dos concorrentes, o público foi presenteado com um supershow da banda Tihuana, que sacudiu a galera com seu som para lá de contagiante.

Para Egypcio, vocalista do Tihuana, a iniciativa da Anhembi Morumbi em promover um festival de música é muito interessante e importante, pois desperta o interesse dos alunos pela música. “Sempre que podemos, damos apoio a esse tipo de evento, pois, muitas vezes, encontramos esses garotos lá na frente, gravando CD e fazendo muito sucesso”, diz.

Tihuana contagiou a galera na finalíssima do 2º Play
Tihuana contagiou a galera na finalíssima do 2º Play

 

OS VENCEDORES

O anúncio dos vitoriosos só aconteceu depois do show do Tihuana. Os talentos revelados neste 2º Play foram a banda Código Paralelo, que levou para casa R$ 1 mil e mais um celular para cada integrante e o DJ Robson Arruda, que saiu com um prêmio de R$ 1 mil e mais um notebook.

Para o vocalista do Código Paralelo, Bruno Coimbra Franco – aluno do 5º semestre do curso de Design Digital –, vencer o festival vai dar um “up” na carreira da banda, que existe há 6 anos. “Quando nos inscrevemos para o Play, tínhamos a intenção de mostrar o nosso trabalho e agitar a galera. Chegamos até a final e conseguimos ganhar esse prêmio, que vai ajudar em muito na promoção do nosso som”, diz. Já o baterista James Silva conta que a premiação vai ajudar na compra de um equalizador para a banda.

Código Paralelo mostra porque levou o 1º lugar
Código Paralelo mostra porque levou o 1º lugar

 

O DJ Robson Arruda, aluno do 3° semestre do curso de Produção de Música Eletrônica, mostrou o seu som e convenceu júri e público de seu talento musical. “Até hoje só toquei em pequenas festas. E ganhar o prêmio logo na primeira vez que participo de um festival, é uma excelente oportunidade de ganhar visibilidade e abrir novas portas no mercado de trabalho”, conta. Ele acredita que a fórmula para seu sucesso no 2º Play se deve ao fato de possuir músicas próprias. Ele revela que o notebook vai ajudar em suas produções musicais e o dinheiro, na compra de novos equipamentos.

DJ Robson Arruda apresenta seu talento e contagia a galera
DJ Robson Arruda apresenta seu talento e contagia a galera

 

O 2º Play – Festival de Música Anhembi Morumbi também premiou os segundo e terceiro colocados de cada categoria, com prêmios no valor de R$ 1.000 e R$ 500, respectivamente. Confira abaixo os selecionados:

Categoria Banda
2° colocado: NaveMaria
3° colocado: Metrô Sertão

Categoria Música Eletrônica
2° colocado: Murilo Frasão
3° colocado: Vinicius Pistori

Saiba mais sobre o 2º Play – Festival de Música Anhembi Morumbi no site do evento.