Estudantes de Design de Moda e Negócios da Moda participam de projeto intercursos com o tema “Inclusão Social”

12h04

Com o tema “Inclusão Social”, os estudantes de 6º semestre dos cursos de Design de Moda e de Negócios da Moda da Anhembi Morumbi participaram de um projeto intercursos com o objetivo de identificar as necessidades de vestuário de pessoas com deficiência no aparelho locomotor.

A proposta do projeto foi criar uma coleção composta por 12 looks, em que seis deles seriam confeccionados, com recomendações sobre viabilidade mercadológica e a criação e identidade de uma marca para o projeto.

Estudantes tiveram de propor a criação de uma coleção com 12 looks

O projeto intercursos da Escola de Artes, Arquitetura, Design e Moda já existe há alguns anos e, neste semestre, a abordagem foi focada no tema sustentabilidade. “O projeto intercursos evidencia-se como a união dos cursos, em que se destaca a importância da interdisciplinaridade para uma boa colocação no mercado de trabalho. Além disso, por meio dessa iniciativa, é possível promover a importância do trabalho em equipe, reforçando, principalmente, a troca de conhecimentos específicos entre áreas”, comenta a docente e coordenadora do curso de Design de Moda, Eloize Navalon.

Peças foram criadas para atender as necessidades de vestuário de pessoas com deficiência no aparelho locomotor

Além dos alunos de 6º semestre, também estiveram envolvidos no projeto os docentes Geraldo Coelho Lima Jr. e Dorothy Roma Heimbecker, dos cursos de Design de Moda e de Negócios da Moda, respectivamente.

Projeto promove integração e troca de conhecimentos entre estudantes de cursos distintos

Para a docente e coordenadora do curso de Negócios da Moda, Miriam Levinbook, essa iniciativa é fundamental para complementar a formação dos estudantes, porque é possível verificar o envolvimento deles com a proposta e seu crescimento no decorrer do projeto. “Vemos refletido nos estudantes uma transformação positiva, que os prepara para uma atuação profissional ética, a partir do momento que reconhecem seu papel transformador na sociedade”, analisa.