Empregabilidade é destaque na VIII Semana da Escola de Engenharia e Tecnologia

13h47

Entre os dias 24 e 27 de novembro, a Escola de Engenharia e Tecnologia da Anhembi Morumbi promoveu, no câmpus Vila Olímpia, a VIII Semana da Escola de Engenharia e Tecnologia. O evento contou com palestras, competições, mesas-redondas e apresentações de projetos, que proporcionaram aos estudantes a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos com diversas atividades que contemplaram todos os cursos de graduação da Escola.

Esta edição foi marcada por palestras com foco na empregabilidade, com o objetivo de aproximar os alunos do mercado de trabalho. Na ocasião, a Universidade recebeu Daniela Ribeiro, gerente sênior da Robert Ralf, uma das maiores empresas de recrutamento especializado no mundo, para palestra com o tema “Mercado de Trabalho: o que é valorizado”. Daniela falou sobre as competências profissionais exigidas pelas empresas e como os estudantes podem desenvolvê-las para aumentar sua empregabilidade, além da importância de desenvolver um bom currículo.

O  curso de Aviação Civil recebeu representantes do setor de Recursos Humanos das maiores companhias aéreas do país para o Seminário de Empregabilidade na Aviação Civil. Em um auditório lotado, os palestrantes Jean Carlo Nogueira, Diretor de Recursos Humanos da Gol Linhas Aéreas Inteligentes; Marina Hoss Rocha, Gerente de Desenvolvimento Organizacional da Avianca Linhas Aéreas; Ricardo Silvarinho, Diretor de Recursos Humanos da TAM Linhas Aéreas; e Roberto Hobeika, Diretor de Serviço ao Cliente e Recursos Humanos da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, falaram aos estudantes sobre o mercado de Aviação Civil, o perfil profissional procurado pelas empresas e os desafios da gestão de pessoas no setor.

Para Robson de Sousa Araujo, estudante do curso de Sistemas da Informação, as palestras sobre empregabilidade trouxeram um bom panorama sobre o mercado. “A ideia de trazer o RH das empresas para debater o cenário de contratação das áreas foi muito boa. Deu para ter uma noção do que as empresas estão buscando e qual a projeção para o ano que vem”, relata.