Comissão de Educação do Senado aprova obrigatoriedade do ensino de música na educação básica

0h00

No dia 4 de dezembro, a Comissão de Educação do Senado aprovou, por unanimidade e em decisão terminativa, projeto de lei que torna obrigatório o ensino de música nas escolas da educação básica no Brasil. A proposta, da senadora Roseana Sarney (PMDB-MA), altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LDB (Lei 9.394/96) – para incluir a música como conteúdo do ensino de Artes.

Conforme a proposta (PLS 330/2006), o ensino de música deverá ser ministrado por professores com formação específica na área e de forma integrada às demais disciplinas da área de Artes. As escolas terão três anos letivos para se adaptarem às mudanças.

Esse novo cenário da educação brasileira aponta para a necessidade de uma formação adequada ao docente de música, como faz a Universidade Anhembi Morumbi ao oferecer o curso de Música Brasileira, licenciatura e bacharelado.

A inédita graduação no País ocupa-se da formação do professor de música, direcionada especificamente para a música do Brasil, com objetivos pedagógicos moldados segundo os padrões brasileiros e dirigidos para a escola brasileira, incluindo, portanto, a análise de um contexto histórico da música ocidental.

Além disso, o curso é centrado na prática musical e apresenta um repertório vivo e característico, com abordagem sobre aspectos históricos, diferenças regionais, formações instrumentais, danças e outros temas, de maneira a proporcionar uma visão aprofundada e ampla da música brasileira na atualidade.

O objetivo é proporcionar uma sólida formação musical, que inclui disciplinas prático-teóricas de estruturas musicais, com a prática instrumental (percussão, cordas e sopro), além da vocal (incluindo a prática coral).

Confira aqui a tramitação e aprovação do Projeto de Lei 330/2006.

Clique aqui e conheça mais sobre a graduação em Música Brasileira da Anhembi Morumbi e os campos de atuação do egresso do curso.

Leia o artigo “Música Brasileira – Uma estranha no ninho”, da professora Marli Batista Ávila, coordenadora do curso de Música Brasileira da Universidade Anhembi Morumbi.