“Cheguei onde nem mesmo eu acha que era possível.”

12h30

 

Carolina Ocana, aluna de Relações Públicas

Por muito pouco Carolina Ocana, 19 anos, teria deixado de estudar na Universidade Anhembi Morumbi. “Faltavam dois dias para eu mudar para a Argentina, quando me ligaram da Anhembi dizendo que eu teria direito a uma bolsa de estudos de 50%”, conta a estudante, que hoje está no quinto semestre do curso de Relações Públicas. Carol passou no vestibular em 2017, mas contratempos financeiros impediram, de imediato, que fizesse a matrícula. A decisão de mudar-se para a Argentina, sua terra natal, foi resultado dessa situação familiar. “Quando veio a oportunidade da bolsa, conversei com minha família e decidimos que eu ficaria”, relata.

O desejo de estudar na Anhembi começou bem antes de toda a reviravolta que envolvia essa (quase) mudança de país. Carol tinha conhecido e optado pela Universidade ainda quando estava no Ensino Médio. Durante uma visita do Programa Orienta, da Rede Laureate, na escola em que estudava, Carol ficou sabendo da internacionalidade do câmpus e deu como certa a escolha do lugar para o ensino superior. “Depois da visita, houve ainda um evento da Anhembi para uma vivência do curso. Eu já tinha escolhido RP e participei da experiência para conhecer a grade curricular e a Universidade de perto. Antes mesmo de prestar vestibular, eu já conhecia os professores e até o coordenador do curso”.

Antecipar-se aos fatos parece mesmo ser uma característica de sua trajetória e personalidade. Desde 2018, Carol é embaixadora de uma das maiores multinacionais de Tecnologia – atua como representante educacional da empresa dentro da Anhembi Morumbi. O trabalho também veio pelos caminhos trilhados na Universidade, por meio dos contatos facilitados pelo Anhembi Carreiras. “Eu sempre estava com o pessoal do Carreiras, fazia os cursos de formação, participava das palestras. Isso tudo ajudou muito, inclusive para estar preparada na hora da entrevista. Tinha finalizado um dos cursos do Anhembi Carreiras sobre postura durante entrevistas de trabalho, então estava bastante confiante”, enfatiza.

A postura proativa e comunicativa revela-se, em sua trajetória, como elemento decisivo para alcançar tantas conquistas significativas tão cedo. Hoje, seu trabalho inclui a orientação de estudantes dentro do câmpus da Anhembi e, mesmo tão nova, Carol mostra que já tem muito a ensinar. “Um conselho que sempre passo para meus colegas é que a faculdade é você quem faz. Aqui na Anhembi nós temos muitos recursos disponíveis, diversas frentes de formação e enriquecimento profissional, mas de nada adianta se você não for atrás para conhecer e participar”, afirma.  “Também é sempre importante contar com as pessoas que estão na Universidade e na sua vida como parceiros. Temos que aproveitar essa oportunidade de relacionamento enquanto estamos neste espaço tão fértil que é a Universidade”.

Com uma mente tão aberta e olhar voltado para o mundo, Carol já planeja voos ainda mais altos. “Acho a comunicação muito importante para todas as áreas e tenho certeza que escolhi o caminho certo. Atualmente, trabalho também com vendas e isso despertou muito meu interesse. Futuramente, quero trabalhar com mercado pensando em América Latina. É uma forma de fortalecer a rede de relacionamento e riqueza latino-americana, além de ficar mais perto da Argentina, lugar onde nasci”, projeta a estudante.