Aula do chef espanhol Jordi Roca atrai grande público ao campus Centro

0h00

O interesse em conhecer o inovador conceito de confeitaria de restaurante do premiado chef espanhol Jordi Roca atraiu um grande público para a Cozinha de Demonstração do campus Centro, no dia 9 de setembro. A procura por uma vaga na disputada aula foi tanta que o Centro de Gastronomia organizou uma apresentação extra. “Isso mostra o quanto Jordi Roca é importante e reconhecido mundialmente”, disse a coordenadora do curso de Confeitaria e Panificação, profa. Heloísa Rodrigues.

Jordi Roca apresentou inovadoras técnicas de confeitaria na Cozinha de Demonstração do campus Centro
Jordi Roca apresentou inovadoras técnicas de confeitaria na Cozinha de Demonstração do campus Centro

De fato, o conhecimento do chef espanhol surpreendeu os participantes da aula com técnicas de açúcar soprado, a utilização de ingredientes diferenciados e até mesmo de fumaça como item na composição das receitas. Por meio de um vídeo, os participantes puderam acompanhar as verdadeiras obras de arte culinária criadas pelo chef no restaurante El Celler de Can Roca.

Na seqüência, iniciou a produção de três sobremesas ao vivo, sendo a primeira chamada de Cromatismo (no caso, do Laranja), em que o conceito é utilizar ingredientes de uma única cor na concepção do prato. Em seguida, realizou a sobremesa que destaca como uma das mais hamoniosas: Envy, inspirada no perfume da marca Gucci.

Jordi Roca apresentou seu inovador conceito em confeitaria preparando três receitas, sendo uma para degustação do público
Jordi Roca apresentou seu inovador conceito em confeitaria preparando três receitas, sendo uma para degustação do público

Segundo Jordi, a referência para a criação de receitas baseadas em perfumes são as notas exaladas por cada fragrância. “Para perceber o resultado da criação, sempre junto com o prato da sobremesa levamos uma amostra do perfume para o cliente comparar o sabor ao perfume”, explicou o chef. Esta receita pôde ser degustada por todos os participantes.

A última produção, chamada Viagem a Havana, utilizou a técnica da defumação. Por meio de um equipamento específico, o chef inseriu a fumaça de um charuto na preparação do prato para criar um novo sabor, com as características do tabaco. “É uma receita muito apreciada por ex-fumantes”, brincou Jordi.

Com o final da aula demonstrativa, a diretora da Escola de Turismo e Hospitalidade, profa. Rosa Moraes, pediu ao chef que gravasse suas mãos em um molde, para ser exposto na Cozinha de Demonstração. “É uma tradição da nossa Universidade registrar dessa forma a passagem de importantes nomes da gastronomia mundial pela nossa ‘casa’”, lembrou Rosa.

Jordi Roca "marcou" sua passagem pela Anhembi Morumbi
Jordi Roca “marcou” sua passagem pela Anhembi Morumbi

Para a aluna Nicolle Vilas Boas Tolomeli, do 2º semestre de Gastronomia, a aula do famoso confeiteiro vale ser assistida muitas outras vezes. “O mais interessante foi conhecer a pesquisa de Jordi sobre aromas de perfumes e como ele transforma o resultado em receitas. Nunca tinha visto algo assim em lugar nenhum”, disse.

Segundo Jordi Roca, a experiência de transmitir seus conhecimentos na Anhembi Morumbi foi maravilhosa. “Aqui no Brasil já existe a consciência da nova gastronomia, além de uma dispensa incrível de ingredientes”, disse o espanhol, se referindo aos restaurantes e chefs brasileiros, como Alex Atala, e à viagem que fez a Belém, no Pará, onde conheceu diversos novos produtos nativos do País. “Acredito que as pessoas captaram todos os conceitos que pude passar, pois estavam o tempo todo absorvendo as informações com muito interesse”, disse o premiado chef.

Profa. Heloísa Rodrigues, chef Jordi Roca e profa. Rosa Moraes
Profa. Heloísa Rodrigues, chef Jordi Roca e profa. Rosa Moraes

A coordenadora do curso de Confeitaria e Panificação, uma das organizadoras do evento, ficou satisfeita com resultado da aula. “Ver a sala lotada, a fisionomia do público surpreso com as técnicas do chef, todo mundo pronto pra absorver essas novidades, essas técnicas novas, esses aromas novos foi realmente uma experiência nova e muito bacana”, finalizou a profa. Heloísa Rodrigues.