Anhembi Morumbi oferece formação pedagógica para professores angolanos

0h00

Professor da instituição passou um mês em Luanda ensinando Fundamentos do Turismo e da Hospitalidade aos docentes da nova Escola de Hotelaria e Restauração

 

 Professor Marcelo Chagas na Escola de Hotelaria e Restauração
Professor Marcelo Chagas na Escola de Hotelaria e Restauração

 

A Universidade Anhembi Morumbi está ajudando a estruturar a Escola de Hotelaria e Restauração (EHR) de Angola. O país, que está sendo reconstruído após décadas de guerra civil, pediu apoio à Universidade para oferecer formação pedagógica a seus professores.
 
O professor Marcelo Chagas, da Graduação nos cursos de Hospitalidade, e pós-graduando em Padrões Gastronômicos da Anhembi Morumbi, passou um mês na capital angolana, Luanda, onde ensinou Fundamentos do Turismo e da Hospitalidade ao corpo docente da EHR. Chagas foi o responsável pela elaboração dos materiais de apoio e das apostilas utilizadas no curso, realizado em fevereiro deste ano.

O professor também acompanhou o processo de preparação de aulas e materiais para os novos cursos da EHR. Segundo Chagas, apesar de terem formação na área de Pedagogia, os professores angolanos nunca lecionaram em uma instituição de ensino profissionalizante. Muitos não sabiam como usar recursos de informática para a preparação de uma aula, ou mesmo como utilizar essas ferramentas em classe. “Contribuí na elaboração dos planos de aula, apostilas, apresentações e demais recursos técnicos necessários para iniciarem as aulas com material didático pronto e ajustado às necessidades da realidade local”, afirma Chagas.
 
De acordo com o professor, todo o curso teve que ser adaptado à realidade do país e ao cenário atual e ao histórico do turismo local, que praticamente não existiu antes do final da guerra.