Anhembi Morumbi lança programa Iam e abre inscrições para projetos sociais até 7 de maio

0h00

Em uma sociedade tão desigual como a atual, a Anhembi Morumbi procura ir além de seu papel de transmitir aos jovens apenas o conhecimento acadêmico. A Universidade tem o compromisso de propagar também valores como cidadania e responsabilidade social, com o objetivo de contribuir para uma sociedade mais igualitária.

Por isso, no dia 6 de março, promoveu o lançamento do Iam – Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi, desenvolvido em parceria com a Sylvan/Laureate Foundation e a International Youth Foundation. “O bem mais precioso de uma universidade é o saber que ela produz. Por isso, a Anhembi Morumbi investiu nesse programa de formação de jovens empreendedores”, ressalta a profa. Marisa Forghieri, diretora de Pós-graduação e Pesquisa.

Vice-Reitora Elizabeth Guedes e o Reitor Gabriel Mário Rodrigues
Vice-Reitora Elizabeth Guedes e o Reitor Gabriel Mário Rodrigues

Desenvolvido a partir da iniciativa internacional YouthActionNet®, o programa visa reconhecer e apoiar projetos de jovens empreendedores sociais que desenvolvam ações de impacto em comunidades, a fim de conquistar mudanças positivas para o bem-estar social. “A proposta do Iam é reforçar e apostar no papel do jovem para uma mudança positiva. Afinal, os jovens são solucionadores de problemas e não problemas a serem resolvidos”, analisa Alan Williams, vice-presidente da International Youth Foundation.

Representado por Silvia Cézar, diretora de Marketing da Rede Laureate – Região Brasil, o presidente da Rede Laureate – Região Brasil, Dante Iacovone, acredita que o programa fortalecerá a formação desses jovens empreendedores que têm importante influência nas comunidades.

Daniel Neves e Leandro Romero, alunos da Anhembi Morumbi que desenvolvem projeto social na Mooca
Daniel Neves e Leandro Romero, alunos da Anhembi Morumbi que desenvolvem projeto social na Mooca

Formação de jovens empreendedores

Articulada com organizações da sociedade civil, até 7 de maio, a Anhembi Morumbi acolherá a inscrição de projetos de toda a região metropolitana de São Paulo e promoverá uma seleção de 20 jovens, que terão a oportunidade de participar de um curso específico do Iam, de agosto a novembro de 2008. Esse curso terá como foco o desenvolvimento de competências e habilidades desses jovens, voltadas ao empreendedorismo social, à liderança, à elaboração de projetos e às ações comunitárias.

As voluntárias do Aprendiz Comgás, Ivy Moreira e Rayssa Winnie, viram no Iam uma oportunidade de complementar o trabalho já desenvolvido pelo programa da ONG Cidade Escola Aprendiz. “Nossa função no Aprendiz Comgás é dar orientação aos jovens para a aplicação de seus projetos junto à sociedade. Por isso, esperamos saber um pouco mais sobre o Iam e, assim, agregar conhecimento a ser disseminado junto a muitos jovens que atendemos”, afirmam.

Del, voluntário do projeto Batakeri, e Blec Paulo, aluno de Música Brasileira e voluntário do OCA
Del, voluntário do projeto Batakeri, e Blec Paulo, aluno de Música Brasileira e voluntário do OCA

Ao saber sobre o lançamento do Iam, os alunos Daniel Neves e Leandro Romero, dos cursos de Gestão de Planejamento de Marketing e Vendas e de Rádio e TV, respectivamente, viram a oportunidade de agregar conhecimento para a condução de um projeto de esporte radical, com skate e bicicleta, junto a uma comunidade na Mooca.

A ação Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi (Iam) é aberta para a participação de jovens, entre 18 e 29 anos, que tenham ou não qualquer vínculo com a Anhembi Morumbi. É fundamental que os projetos sociais apresentados para seleção, já implantados ou em desenvolvimento há pelo menos um ano, envolvam a comunidade e visem uma mudança positiva de impacto na realidade local.

Rayssa Winnie e Ivy Moreira, voluntárias do programa Aprendiz Comgás
Rayssa Winnie e Ivy Moreira, voluntárias do programa Aprendiz Comgás

“Acredito que as ações sociais são o melhor caminho para construir um novo mundo, por isso esse programa Iam é tão interessante”, comenta o aluno de Música Brasileira Paulo Gonçalves Sobrinho, mais conhecido como Blec Paulo no projeto OCA. Realizado desde 1996 na Aldeia de Carapicuíba, o projeto promove a integração social e cultural de crianças por meio de diversas atividades como oficinas de brinquedo, dança, percussão, reforço escolar e exibição de filmes pelo programa CineOca com pipoca.

De acordo com o prof. Maurício Homma, coordenador de Responsabilidade Social da Anhembi Morumbi, além de bolsa-auxílio de R$ 340 mensais durante o curso, a Universidade também oferecerá um prêmio de R$ 2 mil, em dinheiro, aos jovens que participarem do curso, como forma de apoio ao desenvolvimento de seu projeto comunitário, em solenidade que será realizada em dezembro de 2008.

Prof. Maurício Homma, coordenador de Responsabilidade Social da Anhembi Morumbi
Prof. Maurício Homma, coordenador de Responsabilidade Social da Anhembi Morumbi

 

Clique aqui e veja as fotos do evento.

Conheça mais sobre o programa Iam em www.iam.anhembi.br.