Anhembi Morumbi conta com canal exclusivo para o atendimento de emergências

13h59

Com o objetivo de garantir a integridade física e moral de seus estudantes, docentes e colaboradores, a Anhembi Morumbi possui um canal de comunicação único e exclusivo para atendimento de situações emergenciais: o telefone 2790-4600.

O canal conta com uma equipe de plantão preparada para acionar bombeiros e/ou seguranças para agir imediatamente em situações críticas, como males súbitos de origens diversas, cortes, escoriações, quedas, entorses, intoxicação alimentar, crises nervosas, entre outras ocasiões.

Os bombeiros que realizam o primeiro atendimento estão habilitados a executar ações de Suporte Básico à Vida, as quais consistem em técnicas e procedimentos que podem ser concretizados até a chegada ao hospital, com o intuito de preservar vidas em situações de emergência.

Nesse sentido, os bombeiros estão aptos para:
• Realizar a avaliação da vítima por meio dos sinais e sintomas, assim como dos sinais vitais: frequência cardíaca, frequência respiratória, pressão arterial, pulso, temperatura e saturação de oxigênio;
• Reconhecer sinais de emergência clínica e, principalmente, respiratória e cardíaca;
• Reconhecer e atender vítima de trauma, como fraturas, trauma de crânio, trauma raquimedular (coluna), trauma abdominal, queimadura, amputação, traumas em gestante ou criança, entre outros;
• Iniciar medidas de manutenção da vida;
• Manejar equipamentos de atendimento e primeira resposta, como equipamento de ventilação artificial, desfibrilador externo automático (DEA), equipamentos de imobilização e transporte, e materiais de curativo;
• Combater e prevenir acidentes, assim como realizar ações de salvamento, liberação e acompanhamento de serviços de risco.

No caso de se deparar com uma situação de emergência, é preciso manter a calma e ligar imediatamente para o telefone 2790-4600. O tempo estimado para a equipe de atendimento comparecer ao local da ocorrência é de até 10 minutos.

Conheça as fases efetivadas em um atendimento de emergência
1ª – O bombeiro chega ao local da ocorrência, realiza a avaliação inicial da vítima e o atendimento de primeira resposta.

2ª – O profissional decide sobre a conduta a ser tomada, como:
• Atendimento e liberação;
• Atendimento e observação;
• Remoção imediata para hospital conveniado à Universidade.

3ª – No caso de remoção, é procedimento o bombeiro realizar as anotações dos dados de primeiro atendimento na guia de encaminhamento da Universidade para o hospital, com o objetivo de agilizar a recepção da vítima no hospital. Além disso, é neste momento, no decorrer do atendimento, que o acionamento de familiares é feito.

4ª – Após realizar todos os procedimentos necessários, o bombeiro entrega o caso ao hospital e retorna ao câmpus de origem.

Fique atento e siga as dicas de segurança em casos de emergência
• Em caso de emergência, ligue imediatamente para o telefone 2790-4600, com o objetivo de que ocorra pronto atendimento a(s) vítima(s).
• Saiba sempre informar a localização (câmpus, unidade e/ou andar) ou ponto de referência em que está ocorrendo a emergência, para que o socorro chegue mais rápido.
• Mantenha a calma, afaste as pessoas que ficarem ao redor da vítima e aguarde a chegada do socorro.
• Nunca movimente um acidentado, evitando causar novas ou agravar lesões já existentes.
• Se possível, transmita segurança e tranquilidade à vítima, enquanto o socorro está a caminho.