Aluna de Gastronomia vence o Prêmio Paladar Brastemp Novos Talentos, do jornal O Estado de S. Paulo

0h00

Com apenas 19 anos e no último semestre do curso de Gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi, a aluna Rachel Codreanschi foi a vencedora do Prêmio Paladar Brastemp Novos Talentos, do jornal O Estado de S. Paulo, realizado no dia 22 de novembro.

A aluna conquistou o prêmio competindo com outros 29 cozinheiros, indicados por escolas, universidades e restaurantes (de diversos estilos) escolhidos pelo caderno Paladar. A condição para os participantes era que, além de bom potencial, ainda estivessem começando sua trajetória na cozinha, independentemente da idade.

“Foi meu primeiro concurso. O chef Erick Jacquin, com quem trabalho no La Brasserie há um um ano e meio, me inscreveu sem que eu soubesse”, lembra a aluna que cursou o ensino médio em Israel, onde trabalhou nas áreas de eventos e gastronomia, despertando o seu interesse pelo assunto.

O Prêmio contou com uma eliminatória, em que os 30 participantes prepararam um prato ao próprio estilo, tendo como tema “moqueca”. As receitas foram provadas por um júri escolhido pelo caderno Paladar, que levaram em consideração, principalmente, o sabor da composição e classificaram seis candidatos para a final.

Na etapa decisiva, o desafio foi criar um cuscuz paulista. A receita de Rachel – um cuscuz paulista com chantilly de camarão, com muito sabor e uma apresentação criativa – deu a ela o título da primeira edição do concurso. A aluna conta que pesquisou os ingredientes principais de cada prato e realizou algumas inovações. “Fui modificando, com meu conhecimento, as técnicas de preparo com um toque de tudo que já aprendi”, conta.

Com a conquista, além de ganhar produtos da marca de eletrodomésticos, Rachel terá oportunidade de passar um mês como cozinheira-visitante no restaurante Dalva e Dito, que será inaugurado por Alex Atala e Alain Poletto.

“A experiência foi muito gratificante e espero que tenha sido um grande começo para minha carreira. O curso da Universidade, em conjunto com o estágio e o trabalho no La Brasserie, contribuiu muito para o meu sucesso no concurso”, conclui a aluna.