“Com o meu diploma pude ganhar o mundo.”

17h46

Anderson Pereira, ex-aluno de Turismo e CEO do Universia Brasil.

Anderson Pereira é CEO do Universia Brasil, fundação sem fins lucrativos do grupo Santander, e também um dos escolhidos da Forbes Under 30, em 2019, por representar, aos 29 anos, uma liderança de destaque e influência no cenário brasileiro. Ao olharmos para sua trajetória profissional, no entanto, vemos que os fatos não se deram de forma tão linear. Anderson é formado em Turismo pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou com eventos, marketing e foi fundador de duas startups, ambas na área de finanças e tecnologia. “Em vários momentos da minha carreira eu tive que me reconstruir”, antecipa.

Ao reavaliar seus caminhos, porém, Anderson identifica a conexão dos fatos que resultaram em suas conquistas. “Quando conseguimos entender o contexto do que acontece em nossa vida, as coisas fazem todo o sentido. Eu sou um melhor gestor hoje justamente por eu não ter uma formação tradicional – e a Universidade também contribuiu para isso. Trabalhei com eventos e sempre tive habilidade para falar em público, o que depois utilizei quando abri minhas empresas. Eu trouxe um pouco do entretenimento ao vender os meus serviços. Fui empreendedor e aprofundei ainda mais minhas habilidades nesse processo. É possível perceber como as coisas fazem sentido ao observar como os pontos se conectam”.

A escolha pela graduação de Turismo se deu porque Anderson queria trabalhar com eventos. Mas houve um momento em que não se sentia agregando algo de valor para o mundo, e esse era um objetivo desde os tempos da Universidade. “Foi quando eu decidi empreender. Morei em Toronto um tempo e decidi ir ao Vale do Silício para entender porque o pessoal empreende tanto por lá, conversei com diversos empreendedores de lá e foi uma imersão transformadora”.

Tempos depois, um de seus empreendimentos, a financeira Kapitale, o aproximou do Santander. Ao apresentar o projeto com uma proposta de parceria, Anderson teve a devolutiva que apontaria o novo percurso. “Me chamaram e disseram: gostamos da sua empresa, mas gostamos mais de você. E foi dessa forma que iniciei o trabalho como header de Inovação no Santander e, a partir de 2017, como CEO do Universia”.

Para os que ainda estão no início da estrada, Anderson destaca alguns dos aprendizados de sua trajetória. “Três lições que eu trouxe da viagem no Vale são fundamentais para o que carrego na vida hoje: primeiro, esteja cercado de pessoas que são melhores que você. A segunda lição está relacionada à ambição: faz toda a diferença no mundo sonhar grande. E, por último, faça coisas orientado por um propósito. Foi a partir dessa percepção que meu caminho mudou”, garante.