Anhembi Morumbi. Uma universidade internacional.

A Anhembi Morumbi é reconhecida internacionalmente e faz parte de uma das maiores redes de universidades do mundo: a Laureate International Universities. Por isso, ela quer os melhores alunos. Inscreva-se no Vestibular Top 50. Agora os 50 melhores ganham uma bolsa integral e ainda um semestre do curso no exterior. Para concorrer, basta participar de um dos dias do Processo Seletivo Tradicional – 20 de setembro (domingo) ou 17 de outubro (sábado) – e estar entre os mais bem classificados. Confira o regulamento

Quantidade de bolsas:

Prova dia 20/09
domingo – 10h

Prova dia 17/10
sábado – 14h

25 Bolsas Integrais

25 Bolsas Integrais

Inscreva-se:

ou

Anhembi Carreiras

Cursos

FAQ

1. O que é o Top 50?
R: O Vestibular TOP 50 2016 – 1º Semestre (1ª e 2ª edições) consiste na concessão de 50 bolsas de estudo integrais por parte da Universidade Anhembi Morumbi, sendo 25 (vinte e cinco) aos candidatos melhores colocados na classificação geral do Processo Seletivo Tradicional a ser realizado no dia 20/09/2015 (1ª Edição), e 25 (vinte e cinco) aos candidatos melhores colocados na classificação geral do Processo Seletivo Tradicional a ser realizado no dia 17/10/2015 (2ª Edição).

 

Adicionalmente, os 50 candidatos contemplados terão direito a usufruir do benefício de bolsa integral para cursar 1 (um) semestre, por meio da modalidade de intercâmbio, nas demais Instituições de Ensino Superior (IES) da Rede Laureate.

 

2. O que é uma bolsa integral? É válida para todo o curso?
R: São bolsas que cobrem 100% o valor das mensalidades, aplicadas a partir da primeira mensalidade do curso (matrícula) e serão válidas até a conclusão do mesmo, salvo se houver interrupção por trancamento ou cancelamento de matrícula, hipóteses em que o benefício será automaticamente cancelado.

 

3. Posso perder o benefício ao longo do curso?
R: Para a manutenção das bolsas durante o curso, os beneficiados não poderão ter mais do que uma reprovação em disciplina durante todo o curso, sendo que em nenhuma hipótese a bolsa cobrirá eventual disciplina a ser cursada pelo candidato em regime de dependência, nem cobrirá despesas não relacionadas às mensalidades, tais como emissão de segunda via de documentos, requerimentos em geral, provas substitutivas, entre outras. Caso haja reprovação em mais de uma disciplina durante o curso, a bolsa será automaticamente cancelada para os semestres subsequentes. A bolsa também será cancelada caso os beneficiados solicitem a troca de curso que optaram no ato de matrícula, excetuando-se troca de câmpus e turno (mediante aprovação da Universidade Anhembi Morumbi).

 

4. A Bolsa do Top 50 é válida para todos os cursos?
R: As bolsas são válidas para todos os cursos de Graduação presencial, com exceção do curso de Medicina Humana. Os cursos de Pós-graduação e Graduação On-line não participam desse concurso.

 

5. Quais são os critérios de classificação para as 50 bolsas?
R: São elegíveis a bolsa candidatos que forem aprovados conforme o Edital do Processo Seletivo 2016 – 1º Semestre, e que alcançarem, no mínimo, pontuação final igual ou superior a 50% (cinquenta por cento) do total de pontos possíveis, consideradas a prova objetiva e a redação. Na hipótese de não atingimento do percentual de 50% (cinquenta por cento) do total de pontos possíveis, independentemente da classificação geral, o candidato não será elegível a concorrer às bolsas integrais.

 

6. E se houver empate?
R: Como critério de desempate, para definição do ganhador, será considerada inicialmente a nota da prova objetiva e, persistindo o empate, será considerada nota da redação. Caso o empate persista, será considerada ainda a nota da prova de língua portuguesa e, por final, será considerado ganhador o candidato com a data e horário de inscrição mais antiga.

 

7. Se eu participei da 1ª edição em 20/09/2015 e não fui classificado entre os 25 primeiros, posso participar novamente na 2ª edição em 17/10/2015 para concorrer à bolsa?
R: Os candidatos que realizarem a prova da 1ª Edição do Vestibular Top 50 e não forem aprovados no vestibular ou não se classificarem entre os 25 primeiros poderão realizar a prova na 2ª edição, mas não serão elegíveis à concessão de bolsas do TOP 50.

 

8. Se eu ainda estou no 2º ano do Ensino Médio posso participar e concorrer à bolsa?
R: Você poderá participar do vestibular, mas não será elegível à matrícula e bolsa Top 50, pois para efetivar a matrícula para início das aulas em Fevereiro de 2016, é necessário apresentar o certificado de Conclusão do Ensino Médio ou documento equivalente.

 

9. Se eu fizer prova agendada, ingressar via ENEM ou Transferência Externa sou elegível à bolsa do Vestibular TOP 50?
R: Não. Somente candidatos inscritos no Vestibular Tradicional (1ª ou 2ª edição) são elegíveis à bolsa Top 50.

 

10. Mas eu realizei minha inscrição para a prova agendada ou ENEM e quero participar do Top 50. O que eu faço?
R: Você deverá realizar uma nova inscrição, optando pela modalidade de Prova tradicional (1ª ou 2ª edição).

 

11. Já sou aluno da Anhembi Morumbi, posso concorrer ao Top 50?
R: Os alunos veteranos da Universidade Anhembi Morumbi, regularmente matriculados, não são elegíveis ao TOP 50. Alunos que tenham estudado na Universidade Anhembi Morumbi e que realizaram trancamento de suas matrículas ou desistiram do curso sem solicitação formal de cancelamento não são elegíveis ao TOP 50. Já os alunos que cancelaram formalmente sua matrícula até o dia 30/06/2015 poderão participar do TOP 50, desde que prestem novamente o vestibular, na 1ª ou 2ª Edição do Vestibular TOP 50, realizem ingresso por meio do vestibular e não possuam débito ou inadimplência com a Universidade Anhembi Morumbi ou com a BSP – Business School São Paulo.

 

12. Se eu for contemplado, qual o prazo para matrícula?
R: Os 50 contemplados da 1ª edição (prova realizada em 20/09/2015) deverão realizar sua matrícula no período 28/09/2015 até o dia 02/10/2015, e os candidatos contemplados da 2ª edição (prova realizada em 17/10/2015), no período de 26/10/2015 até o dia 30/10/2015. 

 

13. Se eu perder o prazo de matrícula, o que acontece?
R: Na hipótese de algum candidato contemplado com bolsa integral deixar de efetuar a matrícula no prazo estipulado ou tiver sua matrícula indeferida em razão de pendência documental, não haverá segunda chamada ou convocação de suplentes para a vaga.

 

14. Se eu fui contemplado com a Bolsa para um determinado curso, posso trocar de curso no ato da matrícula?
R: Candidatos contemplados que tenham preenchido, no ato da inscrição, a 2ª opção de curso, poderão, no ato da matrícula, escolhê-la sem prejuízo ou perda do benefício, desde que esta opção de curso seja elegível ao TOP 50 (conforme item 9 deste Regulamento). Ainda poderá ser permitida troca de câmpus e turno para opção distinta do selecionado no ato da inscrição, mantendo-se o curso selecionado em 1ª ou o curso selecionado em 2ª opção, mediante autorização da Anhembi Morumbi, no ato da matrícula.

 

15. O intercâmbio poderá ser realizado em qualquer semestre?
R: Não. O benefício deverá ser usufruído, invariavelmente, no 3º (terceiro) semestre letivo do curso, o que deverá ocorrer no período letivo de 2017/1, visando garantir maior nível de sinergia e qualidade do aproveitamento no intercâmbio. Caso o candidato contemplado não usufrua do benefício no período especificado acima, perderá o direito, irrevogavelmente. A inscrição para o programa de intercâmbio semestral deverá ocorrer durante o 2º (segundo) semestre do curso, respeitando os prazos estabelecidos em calendário acadêmico a ser divulgado aos beneficiados. Os candidatos deverão efetuar o pagamento da taxa de intercâmbio conforme edital de publicação de valores vigente à época da realização do intercâmbio.

 

16. Posso escolher qualquer instituição da Rede Laureate para realizar o intercâmbio?
R: Não. A lista de IES disponíveis para realização do intercâmbio será informada posteriormente, pelo departamento International Office (IO), em calendário a ser divulgado para os candidatos premiados, de forma que algumas IES poderão ser excluídas das opções de escolha, de acordo com parâmetros de aproveitamento acadêmico, sinergia curricular, entre outros critérios de viabilidade. Em casos específicos de cursos que não possuem programa similar nas IES da Rede, poderá ser oferecido intercâmbio com disciplinas de curso similar, com aproveitamento parcial dos créditos.

 

17. A Universidade Anhembi Morumbi irá custear todo o programa de intercâmbio?
R: O benefício do intercâmbio contempla única e exclusivamente os valores referentes às mensalidades da IES de destino. Portanto, não inclui qualquer tipo de auxílio e custeio de despesas relacionadas à documentação (passaporte e vistos), acomodação, hospedagem, viagem, translado, seguro de saúde e vida, entre outros, sendo que todas estas despesas serão de inteira responsabilidade do aluno, assim como será de responsabilidade do aluno adotar os procedimentos necessários para obtenção de visto e de todos os documentos necessários para a realização do intercâmbio.