Mestrado Profissional em Gestão de Alimentos e Bebidas

Estrutura do Programa

O Mestrado Profissional em Gestão de Alimentos e Bebidas é um programa inédito no país com vocação eminentemente interdisciplinar e vem completar a vocação inovadora da Universidade Anhembi Morumbi na formação de recursos humanos para a prestação de serviços na área de Hospitalidade, Turismo e Gastronomia.

Seu foco de pesquisa está dirigido para os fundamentos que sedimentarão os conhecimentos do futuro gestor de A&B em médias e grandes empresas do setor, tais como: cadeias de hotéis e restaurantes, centros de convenções, shopping centers, empresas fornecedoras de alimentação para indústrias e governo, além de empresas de meios de pagamento em alimentação subvencionada (vales e tickets refeição).

O setor de A&B é carente de recursos humanos com qualificação profissional e, a demanda para este tipo de profissional ao nível executivo é grande. De fato, com o passar do tempo, a questão ganha maior importância, já que o mercado vem evoluindo em tamanho e complexidade, face à crescente necessidade de se consumir refeições fora de casa ou pré-preparadas e o catering para empresas aéreas e indústrias.

O ingresso de grandes redes de fast food no mercado brasileiro e as redes de franquias presentes, principalmente nos shopping centers de todo o país, ocorrida a partir dos anos de 1980, impeliu a reformulação de conceitos operacionais, busca por informações técnicas mais apuradas e implantação de sistemas de qualidade.

A evolução do mercado tem exigido cada vez mais conhecimento e competência dos empreendedores e gestores, de forma a garantir que esses profissionais sejam capazes de criar, desenvolver e controlar todas as atividades do negócio e seus processos operacionais.

No plano educacional, a criação de um Mestrado Profissional no setor da Gestão em Alimentos e Bebidas (A&B) chama a atenção para melhorias no ensino técnico da área e, também, das associações de classe e grandes e médias empresas do setor que poderão obter vantagens competitivas por meio do aprimoramento das habilidades de seus funcionários, ganhando qualidade e alcançando padrões de excelência em seus serviços. O foco no aprimoramento da qualidade e da produtividade, com custos reduzidos, leva, na maioria, dos casos à lucratividade e posição de destaque no negócio.

OBJETIVOS DO PROGRAMA

O objetivo do Mestrado Profissional – Alimentos e Bebidas é contribuir para o desenvolvimento de projetos que auxiliem o entendimento de processos e aplicação de estratégias de gestão no setor de A&B, no intuito de identificar competências para a melhoria do desempenho de suas organizações. Também visa preparar profissionais capacitados a desenvolver e aplicar estudos técnico-científicos em resposta às demandas do setor de A&B, das organizações e sociedade em geral.

O Programa buscará contribuir para o alargamento das fronteiras do conhecimento do setor de A&B, dedicando-se a pesquisar informações setoriais que permitam melhor entendimento sobre seu funcionamento e organização, como a quantidade e atuação de empresas em segmentos específicos, os modelos de relacionamento entre as empresas do setor, as práticas de excelência em marketing, comunicação e eventos, além de tendências e perspectivas futuras do setor de A&B.

PÚBLICO-ALVO

Voltado ao profissional capacitado a exercer funções de gerência em médias e grandes empresas do setor de A&B. Objetiva-se formar um profissional com conhecimentos de ponta na área da gestão em A&B, capacidade de compreender e analisar o contexto empresarial e organizacional, tanto nacional quanto internacional. Além de ser capaz de identificar oportunidades para criar e inovar em políticas e processos e produtos e serviços. Adicionalmente o egresso será habilitado a definir estratégias empresariais, financeiras, mercadológicas, de recursos humanos, logística e produção.

INVESTIMENTO

Investimento para ingressantes no 1º semestre de 2019: 24 parcelas de R$ 1.760,00
Câmpus: Vila Olímpia

CORPO DOCENTE

Antonio Hélio Junqueira
Docente colaborador
Titulação: Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo
Temas que orienta: Cadeias Produtivas, Abastecimento de Alimentos e Sistemas Agroindustriais
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Negócios em A&B
E-mail: ahjunqueira@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/0541755519500306

Carlos Alberto Alves
Titulação: Doutor em Administração pela Universidade Nove de Julho
Temas que orienta: Marketing, Canais de Distribuição e Estratégia
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Operações em A&B
E-mail: caalves@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/9085019105914550

César Augusto Biancolino
Titulação: Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo
Temas que orienta: Controladoria Estratégica, Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação.
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Negócios em A&B
E-mail: biancolino@gmail.com
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/4701779533683744

Elizabeth Kyoko Wada
Titulação: Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo
Temas que orienta: Planejamento do Negócio, Stakeholders e Mobilidade Corporativa
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Negócios em A&B
E-mail: elwada@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/4904816535433696

Leonardo Aureliano da Silva
Titulação: Doutor em Administração pela Universidade Nove de Julho
Temas que orienta: Gestão em A&B, Comportamento do Consumidor e Marketing
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Negócios em A&B
E-mail: leosilva@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/2136195205924034

Luiz Gonzaga Assumpção Carvalho
Titulação: Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi
Temas que orienta:
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Operações em A&B
E-mail: lucarvalho@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/0686651121592895

Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes Minasse
Titulação: Doutora em História pela Universidade Federal do Paraná
Temas que orienta: Lazer e entretenimento no setor de A&B; Ambiente de Serviços em A&B; Gastronomia
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Operações em A&B
E-mail: mhminasse@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/6807582118593348

Paulo Sérgio Altman Ferreira
Docente colaborador
Titulação: Doutor em Administração pela Newcastle University Business School (acreditação: AACSB EQUIS AMBA).
Temas que orienta: Gestão, Finanças, Logística
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Negócios em A&B
E-mail: psaltman@gmail.com
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/0541755519500306

Paulo Sergio Gonçalves de Oliveira
Titulação: Doutor em Engenharia da Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP)
Temas que orienta: Gestão da Tecnologia da Informação, Cadeia de Suprimentos, Gestão de Conhecimento
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Operações em A&B
E-mail: psoliveira@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/5787786955978812

Rodrigo Cunha da Silva
Titulação: Doutor Administração pela FEA da Universidade de São Paulo- USP
Temas que orienta: Gestão de Pessoas, Comportamento Organizacional, Gestão de Carreiras
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Operações em A&B
E-mail: rosilva@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/1501183548567950

Sérgio Luis Ignácio de Oliveira
Titulação: Doutor em História da Ciência pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Temas que orienta: Competitividade e Serviços em A&B, Comportamento do Consumidor e Marketing
Linha de Pesquisa em que atua no Programa: Negócios em A&B
E-mail: seoliveira@anhembi.br
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/4594539384236511
Credenciamento e Descredenciamento de Docentes
Clique aqui para acessar

Disciplinas

Os alunos devem cursar obrigatoriamente todas as disciplinas da Área de Concentração, assim como as disciplinas obrigatórias e eletivas da sua Linha de Pesquisa.

Área de Concentração: Gestão em A&B

Disciplinas obrigatórias:

  • Gestão de A&B
  • Planejamento Estratégico do Negócio
  • Métodos de Pesquisa I – Qualitativos
  • Métodos de Pesquisa II – Quantitativos

Linha de Pesquisa 1 – Negócios em A&B

Disciplinas Obrigatórias

  • Marketing
  • Gestão Financeira (*)

Disciplinas Eletivas

  • Gestão da Tecnologia, Informação e Comunicação (TIC)
  • Comportamento do Cliente

Linha de Pesquisa 2 – Operações em A&B

Disciplinas Obrigatórias

  • Cadeia de Suprimentos
  • Ambiente de Serviços em A&B

Disciplinas Eletivas

  • Comportamento Organizacional e Gestão de Pessoas
  • Tópicos especiais em operações de A&B

(*) Será oferecida a “Princípios de Contabilidade e Custos” a disciplina de equalização no 1º semestre, para os alunos que necessitarem suporte para a disciplina “Gestão Financeira”.

Projetos de pesquisa da LP1 – Negócios em A&B

Empresas e consumidores na arena do marketing digital contemporâneo: interação, afetividade, vigilância e conflito
Prof. Dr. Antonio Hélio Junqueira
O presente projeto de pesquisa visa analisar as interações entre consumidores, marcas, produtos e empresas do setor de A&B, no âmbito do marketing digital brasileiro contemporâneo, avaliando o potencial das interações delas decorrentes na promoção de ações de educação, de conscientização a respeito dos modos de produzir e consumir no mundo atual, de difusão crítica de conceitos e práticas da sustentabilidade e de redução de impactos socioambientais indesejáveis. Busca, assim, apontar para a relevância da ordem comunicacional instaurada no ambiente digital vigente nos dias atuais, principalmente quando o setor de alimentação está migrando para plataformas móveis.

Comportamento do cliente em alimentos e bebidas
Prof. Dr. Sérgio Luis Ignácio Oliveira
Considerando o turismo um fenômeno que pode contribuir para o desenvolvimento econômico e social, a competição entre destinos é crescente, a fim de obterem vantagens que lhes confiram os resultados desejados. Portanto, a gestão de expectativas e da satisfação proporcionada aos turistas, por todos os setores e instituições envolvidos, faz-se fundamental. Nesse contexto, os resultados esperados para este projeto de pesquisa visam ampliar o conhecimento do comportamento do turista, suas expectativas e satisfação, especificamente em relação aos restaurantes.

Inventário de empresas de serviços de restaurantes na cidade de São Paulo
Prof. Dr. Leonardo Aureliano da Silva
Levantamento e classificação das empresas de serviços de restaurantes na cidade de São Paulo. Identificação das principais redes, cadeias e franquias do setor de restaurantes, não vinculados a hotéis. Classificação dos vários tipos de serviços. Identificação dos stakeholders envolvidos em cada negócio. Análise dos procedimentos gerenciais: financeiro, pessoal, suprimentos, comunicação e tecnologia de informação. Principais aspectos do estado da arte da gestão do negócio nesse setor. Análise dos procedimentos e das relações entre fornecedores e clientes. Práticas de relacionamento com os clientes. Planeja-se como fase 1, a identificação e classificação do setor de restaurantes complementando, a respectiva fase 1 do projeto “Análise setorial da cadeia produtiva de serviços de Alimentos e Bebidas na cidade de São Paulo”.

Mobilidade corporativa na América Latina – Projeto 2: Segmento MICE (meetings, incentives, conferences & exhibitions)
Profa. Dra. Elizabeth Kyoko Wada
Este projeto tem como objetivo geral compreender a mobilidade corporativa na América Latina, a partir dos stakeholders. Os objetivos específicos são investigar em que situações a gestão de viagens praticada pelo mercado assume a gestão de experiências de hospitalidade, preconizada por Lashley; conhecer as experiências de organizações brasileiras que passam a intensificar a mobilidade corporativa a partir da inserção do Brasil como ator relevante na economia global; elencar potenciais áreas de prestação de serviços para Turismo e afins que saem da cadeia produtiva tradicional, como os casos de abastecimento de A&B em plataformas de petróleo, em canteiros de obras de hidrelétricas, entre outros. A primeira etapa da pesquisa exploratória realiza-se com um estudo de casos múltiplos, utilizando instrumentos quali e quantitativos. Ao final da pesquisa, ambiciona-se conceituar Mobilidade Corporativa com base em um estudo multidisciplinar que envolverá Administração, Sociologia, Antropologia, Geografia, História, Turismo, Hospitalidade.

Utilização de tecnologias móveis no setor de Alimentos e Bebidas na cidade de São Paulo
Prof. Dr. Paulo Sérgio Gonçalves de Oliveira

O rápido avanço das tecnologias móveis, requer das empresas a gradativa necessidade de planejar a inserção neste novo ambiente de interação e de fazer negócios de forma integrada e em tempo real. O objetivo central deste projeto é explorar o conhecimento sobre a mobilidade, das tecnologias e infraestrutura móveis para que uma corporação evolua para o ambiente da mobilidade. Tem como propósito final a proposta de um quadro de trabalho para apoio aos pesquisadores e empresas que permita a gestão eficaz da tecnologia em ambientes da mobilidade. A fase 1 deste projeto será aplicada em restaurantes e cadeias de restaurantes vinculadas a hotéis na cidade de São Paulo.

Projetos de pesquisa da LP2 – Operações em A&B
Indicadores de desempenho (KPIs) no atendimento a clientes em Alimentos e Bebidas
Prof. Resp. Carlos Alberto Alves
Este projeto se propõe a identificar e modelar as diversas práticas de monitoramento no atendimento dos clientes nos restaurantes e cadeias de restaurantes vinculadas a hotéis na cidade de São Paulo. Modelar as melhores práticas do setor. Identificar as influências conceituais na forma do relacionamento com os clientes. Estabelecer indicadores de desempenho (KPIs) e classificar por tipo de estabelecimento. Identificar os sistemas gerenciais (CRM, outros) mais utilizados no controle de clientes. Os resultados esperados para o projeto são o levantamento das melhores práticas de atendimento ao cliente nos restaurantes e cadeias de restaurantes vinculadas a hotéis na cidade de São Paulo.

Inovação em redes de serviço e a cocriação de valor em alimentos e bebidas
Prof. Dr. Paulo Sergio Altman Ferreira
A inovação baseada na cocriação de valor fundamenta-se na construção coletiva de benefícios mútuos por meio de novos processos e novas maneiras de interagir. Este projeto de pesquisa tem como objetivo examinar a cocriação de valor por meio das relações organizacionais baseadas em serviços. A literatura corrente explica a percepção de valor na perspectiva das experiências e circunstância que permeiam sua cocriação. Pesquisas contemporâneas também indicam a comunicação e a colaboração como aspectos-chave da cocriação inovadora. Não obstante, é preciso considerar a natureza das múltiplas relações baseadas em serviço como uma rede de interesses diversos e divergentes. O presente projeto de pesquisa pretende investigar a inovação no setor de A&B como uma prática contínua de mudanças mútuas e observar criticamente os movimentos de interação e as possíveis contradições nas diversas atividades do sistema de serviços.

Lazer, entretenimento e experiência em bares, restaurantes e similares
Profa. Dra. Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes Minasse
Este projeto tem como objetivo estudar as novas funções incorporadas por bares, restaurantes e similares brasileiros como espaços de lazer e entretenimento, investigando – do ponto de vista da produção gastronômica (composição e execução de cardápio) e do ambiente serviço – as estratégias utilizadas pelos estabelecimentos para conceber e operacionalizar experiências positivas e engajadoras para seus clientes. Os resultados esperados para este projeto são ligados ao mapeamento das práticas dos novos espaços de lazer e entretenimento no setor de A&B na cidade de São Paulo.

Modelos de excelência para gestão de pessoas em Alimentos e Bebidas
Prof. Dr. Rodrigo Cunha da Silva
Este projeto pretende identificar no segmento de restaurantes as melhores práticas da Gestão de Pessoas com o intuito de modelar seus processos mais eficientes na cidade de São Paulo. Análise e identificação das ações de recrutamento, seleção, desenvolvimento de habilidades, treinamento de procedimentos básicos e avançados. Identificação de indicadores de performance (KPI) mais utilizados. Tipos de funcionários mais procurados. Experiência mínima desejada. Evolução na carreira. Remuneração média. Métodos de incentivo e bonificação. Índices de turnover. Os resultados esperados são a elaboração de um estado da arte das melhores práticas de Gestão de Pessoas.

Modelos de gestão de eventos de Alimentos e Bebidas
Prof. Me. Luiz Gonzaga Assumpção Carvalho
O projeto tem como objetivo identificar e classificar os diversos tipos de eventos organizados pelo setor hoteleiro em A&B. Procurar-se-á compreender os processos da atividade desde a captação, planejamento e produção dos diferentes tipos de eventos gastronômicos – coquetel, coffee break, almoço, jantar, brunch. E, também a estrutura operacional dos hotéis voltadas a eventos, a organização de eventos in house e serviços agregados. Parcerias com fornecedores. Entretenimento e recreação em eventos de hotéis. Cardápios destinados a eventos, relação de quantidades e qualidade de alimentos e bebidas com o público-alvo de cada evento. Os resultados esperados para o projeto são a identificação e classificação das principais práticas e modelos de Gestão de Eventos em A&B do setor hoteleiro na cidade de São Paulo.

Processo Seletivo

PROCESSO SELETIVO

Cronograma para 2019/1

15 de outubro a 30 de novembro de 2018
Período de inscrição.

15 de outubro a 03 de dezembro de 2018
Período de entrega de documentos.

05 de dezembro de 2018
9h às 11h30 – Prova de Conhecimentos
11h30 às 13h – Prova de Proficiência em língua estrangeira

06 e 07 de dezembro de 2018
Entrevistas agendadas
entrevista compreende um encontro formal do candidato com os professores do Programa. Neste encontro, ocorre uma conversa sobre a proposta de pesquisa apresentada pelo candidato e sobre o seu curriculum vitae (formato Lattes).

Obs.: a agenda de entrevista será apresentada pelo(a) professor(a) responsável pela aplicação da prova no dia 11/12/2018.

Local de realização das provas e entrevista
Campus Vila Olímpia
Rua Casa do Ator, 294. Unidade 5, 3º andar, laboratório 530B.

11 de dezembro de 2018

Divulgação do resultado pela página: http://portal.anhembi.br/resultados/.

Matrícula
De 11 de dezembro a 14 de dezembro de 2018, de segunda a sexta-feira das 9h às 21h e aos sábados das 9h às 13h, na Central de Atendimento ao Candidato do Campus Vila Olímpia (Rua Casa do Ator nº 275).

Clique aqui para acessar o Edital do Processo Seletivo

Investimento

 24 parcelas de R$ 1.760,00 (para ingressantes no 1º semestre de 2019).

Intercâmbio

Dada a importância do MP em Gestão de A&B para a formação de quadros para médias e grandes empresas do setor de A&B, a primeira fase de contatos de parceria teve foco no setor hoteleiro cientes de que a área de A&B dessas empresas fazem parte do escopo do PPG. Além das relações de longo tempo que a UAM,

por meio de seus diversos cursos ligados à área da hospitalidade, turismo e gastronomia, mantém com o setor, este segmento de A&B é estratégico por ter ampliado o conceito de alta gastronomia no país pelo trabalho de grandes chefs em seus restaurantes, além do que já foi exposto acima.

Foram firmadas parcerias com 2 grandes players do setor hoteleiro que oferecem estágios para os alunos:

o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) e a rede Bourbon Hotéis & Resorts. A atuação desses parceiros do mercado se concentra principalmente, na possibilidade dos nossos alunos fazerem estágio profissional em suas empresas.

Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil – FOHB

O Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil – FOHB nasceu da iniciativa de doze empresas, que em 2002 se reuniram com o objetivo de criar uma instância de representação para as grandes redes do país. Sua missão é contribuir para o desenvolvimento do setor, auxiliando na normatização e sistematização do setor hoteleiro em geral.

As atividades do FOHB se baseiam em três eixos principais de atuação para o setor: representação, contribuição para o desenvolvimento e geração de informações. O FOHB promove eventos e grupos de trabalhos nas áreas “Comercial, de Recursos Humanos & Responsabilidade Socioambiental, Tecnologia da Informação, Suprimentos, Segurança, Jurídica, Controladoria & Finanças, dentre outros”.

Rede Bourbon Hotéis & Resorts

A Rede Bourbon Hotéis & Resorts é uma das dez maiores do país. Criada em Londrina em 1963 pela família Vezozzo, tem faturamento de US$ 140 milhões (2012) e mais de 2 mil funcionários. A rede Bourbon ocupa o 8º lugar, entre as maiores redes hoteleiras do Brasil, com 14 unidades e 2771 apartamentos espalhados entre Brasil, Argentina e Paraguai. Além disso, tem a maior estrutura de convenções do país com mais de 26 mil m2.

A rede atende todos os segmentos de hospedagem por meio de seu amplo portfólio de categorias e marcas, classificadas de acordo com o perfil de cada empreendimento. A missão da Rede Bourbon é assegurar a plena satisfação de seus clientes, colaboradores e investidores. Seus fundamentos são uma lição para o setor de serviços, revelando seus conceitos mais importantes de entregar o que foi prometido.

Elizabeth Kyoko Wada faz parte do Conselho de Administração da empresa.

Em 2017 o PPG dirigiu esforços para outras instituições e associações de mercado. Durante 2017 foram realizados diversos contatos que serão concluídos em 2018, principalmente com a ABRASEL – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e a ABIA – Associação Brasileira de Indústrias Alimentícias.

Dissertações e Teses

BANCA DE QUALIFICAÇÃO

(após o cumprimento dos 24 créditos em disciplinas e 2 créditos de atividades programadas)

4 vias do relatório de qualificação.
1 via do formulário de encaminhamento – assinado pelo orientador.
1 via da tabela de atividades programadas – assinada pelo orientador, acompanhada de cópias dos comprovantes (clique aqui e conheça mais sobre as atividades programadas).
1 via do currículo Lattes atualizado.
1 via do histórico escolar.

BANCA DE DEFESA

4 vias da dissertação em encadernação espiralada
– ver orientações do template da dissertação
normas para formatação de trabalho acadêmico
1 via do formulário de encaminhamento – assinado pelo orientador.
1 via do currículo Lattes atualizado.

Orientações:

Conforme consta no Regulamento (clique aqui para acessar) a defesa da Dissertação para a obtenção do título de Mestre Profissional deve respeitar os seguintes critérios:

Art. 35º – Para a obtenção do grau de Mestre são exigidas a apresentação e a defesa da Dissertação/Trabalho Final de Mestrado.

  • 1º. O mestrando só pode apresentar e defender a Dissertação/Trabalho Final de Mestrado, após completar, com aprovação, todas as etapas do Programa.
  • 2º. O depósito da Dissertação/Trabalho Final de Mestrado somente poderá ser feito observado um intervalo de, no mínimo, 90 dias contados a partir da data do Exame de Qualificação.

Art. 36º – Cumpridas as exigências próprias do Programa, cabe ao orientador escolher e propor à CPG os componentes da banca, obedecendo a critérios que garantam a lisura do processo, incluída aí a não existência de eventual vínculo funcional direto entre o candidato e os membros da banca.

  • 1º. Um dos componentes da banca de defesa de Mestrado deverá ser, na medida do possível, o mesmo da banca do exame de Qualificação.
  • 2º. Junto com o requerimento, o aluno deve enviar à Comissão de Pós-Graduação 4 (quatro) exemplares de sua Dissertação/Trabalho Final de Mestrado, devidamente elaborada de acordo com as normas técnicas do Programa.

Art. 37º – A Banca Examinadora indicada pelo orientador será submetida à aprovação da Comissão de Pós-Graduação.

Art. 38º – A Banca Examinadora é composta por três membros, sendo um externo ao Corpo Docente da Universidade, necessariamente vinculado a um programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Também há a designação de um suplente.

  • 1º. A arguição final é realizada em sessão pública.
  • 2º. Os membros da Banca Examinadora devem possuir, no mínimo, o título de Doutor.
  • 3º. A Banca Examinadora é presidida pelo professor orientador, seu membro nato.
  • 4º. Na falta ou impedimento do orientador, o coordenador do Programa indicará nova data para a arguição, ou substituirá ele próprio o orientador, ou designará um professor do Programa para presidir a banca, a fim de que:

Dissertações defendidas

2017
2018

Fale com a Coordenação

  • Fale com a Coordenação

    Profa. Dra. Elizabeth Kyoko Wada

    Elizabeth Kyoko Wada, bolsista CNPQ Nível 2 com a pesquisa Mobilidade Corporativa na América Latina, concluiu pós-doutorado na UFPR - PPG em Turismo (2016), é Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1994), Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1989), Especialista em Administração Mercadológica pela EAESP/FGV (1982), graduada em Turismo pelo Centro Universitário Ibero Americano Unibero (1979) e em Comunicação Social - Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (1980). É Coordenadora do PPG em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi (Laureate International Universities) e pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Social e Tecnológico (ISAM). Atua como docente nas seguintes disciplinas: Gestão e Planejamento Estratégico em Hospitalidade; Hospitalidade, Hostilidade e Stakeholders; Hospitalidade na Competitividade em Serviços. Tem experiência nas áreas de Turismo e de Hotelaria na América Latina, com ênfase em Gestão de Meios de Hospedagem e nos seguintes temas: hotelaria, planejamento estratégico, turismo, turismo de negócios (viagens corporativas, eventos empresariais e viagens de incentivo), mobilidade corporativa, serviços e inovação. É docente desde 1981. É diretora administrativo-financeira da ANPTUR (Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo) e Vice-Presidente de Finanças de MPI Brazil Chapter (Meeting Professionals International). É membro do Conselho de Administração de Bourbon Hotéis & Resorts. Tel.: (55) 11 3847 3037
Português (Brasil)
English Português (Brasil)