Alunos de Tecnologia conquistam 2º lugar em Hackathon

18h31

Nos dias 25, 26 e 27 de maio, durante a Feira do Estudante – Expo CIEE 2018, realizada na Bienal do Ibirapuera, a Anhembi Morumbi, a convite do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), participou do 1º Hackathon.

Durantes os três dias do evento, diversos estudantes, regularmente matriculados e cursando penúltimo ou último ano de cursos relacionados à área de Tecnologia, se dedicaram ao desenvolvimento de projetos relacionados à soluções de atendimento ao cliente.

Este trabalho de imersão dos estudantes se deu com a orientação e supervisão de profissionais da Coddera, empresa do Grupo A5, especializada em desenvolvimento, integração, automação e otimização de processos.

E o time da Anhembi Morumbi, representado pelos alunos Felipe Augusto de Almeida de Ciência da Computação; Julia Giorgi Martin de Ciência da Computação; Mauro Cesar Correa Vieira de Ciência da Computação; e Victor Bastos Araújo de Sistemas da Informação, se saíram muito bem na 1º edição do evento, conquistando a 2º colocação no placar geral.

Julia Giorgi Martin, ao centro, acompanhada dos amigos Victor Passos, à esq. e Felipe Augusto de Almeida, à dir.

De acordo com o aluno Felipe Augusto de Almeida, essa experiência foi um ótimo exercício de criatividade e desenvolvimento da autoaprendizagem. Segundo ele, todos estudantes deveriam ter uma vivência dessas, pois a competição é muito instigante.

Os trabalhos foram avaliados por uma banca de profissionais de tecnologia de empresas como Next, Laboratórios DASA e Liberty Seguros, e os participantes também tiveram de fazer uma apresentação em público a todos os visitantes.

Destaque para a aluna Julia Giorgi Martin, que se teve seu desempenho reconhecido e recebeu uma proposta de estágio remunerado de 1 ano e 6 meses.

Para Julia Giogi Martin, o Hackathon foi muito especial, porque fez com que o grupo tivesse a oportunidade de vivenciar coisas novas, abrindo portas que nem eles mesmos imaginavam.

“Mesmo ficando em 2º lugar, o que é incrível, recebi a notícia de que eles estavam me proporcionando um estágio de um ano e meio na Coddera e isso foi demais, um reconhecimento e tanto, finaliza a aluna.

Parabéns aos nossos craques da tecnologia!